Domingo, 26 de Março, 2017
   
Tamanho
Banner

Procure no site:

Cebrapaz

Presidenta do Conselho Mundial da Paz denuncia ameaças dos Estados Unidos contra a Coreia Popular

A presidenta do Conselho Mundial da Paz, Socorro Gomes, emitiu uma declaração apontando para a gravidade das ameaças do secretário de Estado estadunidense Rex Tillerson contra a República Popular Democrática da Coreia (RPDC). Na sexta-feira (17/3/2017) Tillerson deu uma entrevista coletiva durante visita à Coreia do Sul, com quem os EUA realizam exercícios militares anualmente, numa provocação flagrante. O secretário de Estado disse que não está descartada uma ofensiva militar contra a Coreia Popular, reiteradamente acusada da responsabilidade pelo aumento da tensão na região, apesar das provocações e ingerência dos EUA. Leia a nota de Socorro Gomes: 

Leia mais: Presidenta do Conselho Mundial da Paz denuncia ameaças dos Estados Unidos contra a Coreia Popular

 

Saráuis exigem compromisso da ONU com a promessa de autodeterminação

A Declaração de Viena de 1993 afirma a indivisibilidade dos direitos humanos, inclusive à paz e à autodeterminação. Com base neste compromisso, os saráuis levantaram a sua bandeira no Conselho de Direitos Humanos da ONU em debate na segunda-feira (20/3) sobre a Declaração, denunciando a pendência da descolonização e a ocupação marroquina, assentada na violação dos direitos dos saráuis e no roubo dos seus recursos naturais e energéticos.

Por Moara Crivelente*

Em evento durante a 34ª sessão do Conselho de Direitos Humanos da ONU, saráuis e representantes de outros povos discutem autodeterminação.  

Leia mais: Saráuis exigem compromisso da ONU com a promessa de autodeterminação

 

Israel e EUA boicotam e atacam Conselho de Direitos Humanos da ONU

Israel e Estados Unidos foram proeminentes ausentes do debate no Conselho de Direitos Humanos da ONU sobre o “item 7” da agenda, relativo à situação na Palestina e outros territórios árabes ocupados, na segunda-feira (20). Ambos alegam oposição à própria existência do item e acusam a ONU de enviesamento contra Israel, mas algumas ONGs que estiveram no debate desempenharam papel de porta-vozes do governo israelense.

Por Moara Crivelente*

 

Leia mais: Israel e EUA boicotam e atacam Conselho de Direitos Humanos da ONU

 

contra-o-golpe2

Nossos Artigos

  • 1
  • 2
  • 3
  • 4

Nossos Vídeos

Cebrapaz conversa com estudantes palestinas sobre a ocupação israelense
Vídeos

Clique e assista, no canal do Cebrapaz

Banner Central

Banner
Banner
Banner

Receba nossos boletins

3ª Assembleia

cartaz-site

Login Form