Sexta, 28 de Agosto, 2015
   
Tamanho
Banner

Procure no site:

Cebrapaz - Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz

Nota do Cebrapaz em solidariedade ao povo mexicano e aos estudantes desaparecidos em Ayotzinapa

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) vem manifestar sua solidariedade aos estudantes, movimentos sociais e ao povo mexicano que vem se mobilizando para exigir o esclarecimeno sobre o desaparecimento dos 43 estudantes da escola de Ayotzinapa desde o dia 26 de setembro de 2014.

O México se encontra numa situação crítica, com um país desestruturado pela forte dependência com os Estados Unidos, a influência do narcotráfico na economia, política e sociedade e a sistemática perseguição aos movimentos sociais. O massacre de Ayotzinapa fez com que a indignação coletiva nacional se transformasse num grande movimento de massas.

Hoje, o povo mexicano clama por justiça, mas mais do que isto, por um novo país. Que o México de Zapata e Pancho Villa reerga-se! Toda solidariedade ao povo mexicano!

poster of students missing from ayotzinapa

 

Com cargos diplomáticos, Netanyahu ocupa a política internacional colonizando a Palestina

O primeiro-ministro israelense, cada vez mais isolado, já admitiu: não pretende “permitir” o estabelecimento do Estado da Palestina. Benjamin Netanyahu trava uma batalha diplomática por enraizar, na política internacional, a defesa da ocupação. Há duas semanas, o Brasil foi confrontado com a nomeação de um ex-líder colono para o cargo de embaixador de Israel. Já na semana seguinte, outro defensor da colonização foi nomeado embaixador na ONU. 

Por Moara Crivelente*

Colonos judeus marcham em provocação aos palestinos, com bandeiras israelenses, na Cisjordânia, no bairro de Ulpana, da colônia de Beit-El, construído com apoio e incentivo do premiê Netanyahu, quando ocupava o mesmo cargo, em 1999. 

 

Cebrapaz participa do Fórum Social Mundial; movimentos sociais manifestam-se pela solidariedade entre os povos

O Fórum Social Mundial aconteceu na Tunísia, entre 24 e 28 de março, num ambiente diverso de solidariedade entre os povos na luta por um mundo melhor, mais justo e pela paz. Na capital do país norte-africano, representantes de organizações de todo o mundo (inclusive uma delegação brasileira de quase 200 pessoas de diversos movimentos sociais) debateram o contexto internacional de doméstico de vários países na busca e defesa da soberania popular, por mais mais participação política, por um modelo alternativo socio-político, saídas justas à crise internacional do capitalismo, a democratização dos meios de comunicação, entre outras pautas prioritárias e comuns a movimentos sociais. O Cebrapaz também participou do evento e das grandes marchas realizadas em torno da solidariedade entre os povos do mundo.

fb img 1427980645498

   

Cebrapaz-PR realiza evento pela memória dos bombardeios atômicos de Hiroshima e Nagasaki

Em 06 de agosto de 2015, na Câmara Municipal de Foz do Iguaçu, foi realizado um evento que relembrou os 70 anos do maior ataque contra a Humanidade, os bombardeios nucleares das cidades de Hiroshima e, três dias depois, Nagasaki no Japão. O evento foi organizado pela Campanha Internacional para Abolir as Armas Nucleares (ICAN, na sigla em inglês), pela Ação Brasileira pelo Desarmamento Humanitário e pelo Projeto de extensão “Desarmamento Humanitário: abordagem política”, da UNILA, em parceria com o núcleo do Paraná do Cebrapaz e o mandato do vereador Nilton Bobato.

 

A solidariedade internacionalista militante e a diplomacia

A solidariedade internacionalista é um dever indeclinável de todo militante dos movimentos políticos e sociais, incluindo os comunistas, socialistas e ativistas da esquerda consequente e revolucionária. Não somente por definição ideológica, por afirmação teórica de princípios, mas também como condição essencial para a realização de um programa de lutas transformador.

Por José Reinaldo Carvalho*

   

Página 1 de 71

Cebrapaz 10 anos

Banner

3ª Assembleia

cartaz-site

Login Form