Segunda, 03 de Agosto, 2015
   
Tamanho
Banner

Procure no site:

Cebrapaz - Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz

Nota do Cebrapaz em solidariedade ao povo mexicano e aos estudantes desaparecidos em Ayotzinapa

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) vem manifestar sua solidariedade aos estudantes, movimentos sociais e ao povo mexicano que vem se mobilizando para exigir o esclarecimeno sobre o desaparecimento dos 43 estudantes da escola de Ayotzinapa desde o dia 26 de setembro de 2014.

O México se encontra numa situação crítica, com um país desestruturado pela forte dependência com os Estados Unidos, a influência do narcotráfico na economia, política e sociedade e a sistemática perseguição aos movimentos sociais. O massacre de Ayotzinapa fez com que a indignação coletiva nacional se transformasse num grande movimento de massas.

Hoje, o povo mexicano clama por justiça, mas mais do que isto, por um novo país. Que o México de Zapata e Pancho Villa reerga-se! Toda solidariedade ao povo mexicano!

poster of students missing from ayotzinapa

 

A Grécia de hoje e a União Europeia de sempre

Li, reli e esquadrinhei cada parágrafo do "acordo grego" nos poucos idiomas que minha inteligência alcança. Sou, porém, analfabeto no idioma da Hélade e entre as poucas palavras que aprendi nas viagens que fiz, uma das mais sonoras é OXI, gritada e votada a 5 de julho pela maioria esmagadora da população helênica.

Por José Reinaldo Carvalho*

 

 

Cebrapaz condena aumento da violência e impunidade israelense na Palestina ocupada

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) repudia veementemente a violência perpetrada por soldados e colonos israelenses na Palestina ocupada. Recebemos com consternação a notícia sobre o assassinato de Ali Saad Dawabsha, um menino de 18 meses de idade, em Duma, na Cisjordânia palestina. Ali foi vítima de um ataque terrorista por colonos que queimaram a sua casa em 30 de julho, deixando feridos também seus pais e irmão. A brutalidade contra os palestinos tem se intensificado devido à impunidade com que os colonos e os soldados atacam os palestinos, cotidianamente, no contexto de uma intensificada política de colonização ilegal da Palestina, em violação flagrante do direito internacional humanitário.

   

Cebrapaz participa do Fórum Social Mundial; movimentos sociais manifestam-se pela solidariedade entre os povos

O Fórum Social Mundial aconteceu na Tunísia, entre 24 e 28 de março, num ambiente diverso de solidariedade entre os povos na luta por um mundo melhor, mais justo e pela paz. Na capital do país norte-africano, representantes de organizações de todo o mundo (inclusive uma delegação brasileira de quase 200 pessoas de diversos movimentos sociais) debateram o contexto internacional de doméstico de vários países na busca e defesa da soberania popular, por mais mais participação política, por um modelo alternativo socio-político, saídas justas à crise internacional do capitalismo, a democratização dos meios de comunicação, entre outras pautas prioritárias e comuns a movimentos sociais. O Cebrapaz também participou do evento e das grandes marchas realizadas em torno da solidariedade entre os povos do mundo.

fb img 1427980645498

 

Um ano da ofensiva israelense contra Gaza, o massacre anunciado

Os tambores da guerra israelense já anunciavam uma ofensiva contra a Faixa de Gaza dias antes do seu lançamento, em 8 de julho de 2014. Há exatamente um ano, Israel inaugurou a “Operação Margem Protetora”, com 51 dias de bombardeios por ar, terra e mar contra 1,8 milhão de palestinos no território sitiado. Uma série de artigos analisará a terceira grande ofensiva de Israel contra Gaza em cinco anos e o desenrolar das denúncias de crimes de guerra.

Por Moara Crivelente*

Premiê Benjamin Netanyahu e o ministro da Defesa de Israel, Moshe Yaalon.

   

Página 1 de 70

Cebrapaz 10 anos

Banner

3ª Assembleia

cartaz-site

Login Form