Sábado, 13 de Fevereiro, 2016
   
Tamanho
Banner

Procure no site:

Cebrapaz - Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz

Nota do Cebrapaz em solidariedade ao povo mexicano e aos estudantes desaparecidos em Ayotzinapa

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) vem manifestar sua solidariedade aos estudantes, movimentos sociais e ao povo mexicano que vem se mobilizando para exigir o esclarecimeno sobre o desaparecimento dos 43 estudantes da escola de Ayotzinapa desde o dia 26 de setembro de 2014.

O México se encontra numa situação crítica, com um país desestruturado pela forte dependência com os Estados Unidos, a influência do narcotráfico na economia, política e sociedade e a sistemática perseguição aos movimentos sociais. O massacre de Ayotzinapa fez com que a indignação coletiva nacional se transformasse num grande movimento de massas.

Hoje, o povo mexicano clama por justiça, mas mais do que isto, por um novo país. Que o México de Zapata e Pancho Villa reerga-se! Toda solidariedade ao povo mexicano!

poster of students missing from ayotzinapa

 

Pelo fim imediato da perseguição na Turquia e da ofensiva militar contra o povo!

O Conselho Mundial da Paz solidariza-se com o povo turco e o curdo, alvos de uma ofensiva liderada especialmente pelo presidente Recep Tayyip Erdogan.

http://f1.haveeru.com.mv/photos/2015/09/0_14417680921584390102_news.jpg

Enquanto expressamos nossa solidariedade com o povo na Turquia após os novos e brutais ataques terroristas, condenamos o pretexto criado pelo Governo para atacar o povo curdo. Em vez de comprometer-se com os esforços para combater o terrorismo, encerrando a sua cumplicidade no recrutamento, formação, trânsito e até mesmo no tratamento médico para os membros do chamado "Estado Islâmico" em seu território, o governo turco investe contra o povo.

Os recentes ataques terroristas já foram ligados à organização terrorista, que tem sido fortalecida ao longo do tempo graças às ingerências brutais dos regimes da Turquia, da Arábia Saudita e do Catar, aliados dos EUA neste esforço. Ainda assim, a luta do povo curdo contra a ofensiva do Governo turco é novamente o alvo; vilas e cidades são invadidas por tanques e soldados, e toques de recolher são impostos.

Aqueles condenando esta virulência e exigindo a paz são perseguidos e acusados de ajudar ou "apoiar o terrorismo". O Governo do primeiro-ministro Ahmet Davutoglu e o presidente Erdogan, promovendo esta perseguição, são incapazes de proteger o seu povo contra a terrorismo que a sua política ajudou a fortalecer; isto é inaceitável e deve ser condenado internacionalmente.

Somamo-nos e impulsionamos o apelo pela paz e pelo fim da perseguição contra os que promovem a paz na Turquia e no exterior. Exigimos o fim da ofensiva militar contra o povo curdo!

Socorro Gomes
Presidenta do Conselho Mundial da Paz

16 de janeiro de 2016

 

As quatro notas falsas da ladainha de Alon F. sobre o Estado sionista

O arsenal de embustes do sionismo parece não ter limites, embora seu repertório seja extremamente limitado, surrados e repetitivos que são os argumentos dos seus porta-vozes. A usina de mentiras que difunde conteúdos usando o mesmo método do nazista Goebbels acaba de produzir mais uma peça de propaganda em que pretensamente o autor refuta as “quatro premissas erradas sobre Israel”, frase de efeito que dá título ao artigo publicado no caderno “Ilustríssima” do jornal paulistano “Folha de São Paulo”, assinado pelo jornalista Alon Feuerwerker.

Por José Reinaldo Carvalho*

   

Movimentos de luta pela paz lamentam a perda da companheira Rina Bertaccini, do Mopassol

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz expressa seu profundo pesar pela perda da companheira e determinada defensora da paz, Rina  Bertaccini, que faleceu em 8 de fevereiro. Estendemos nossas sentidas condolências à família e ao Movimento pela Paz, a Soberania e a Solidariedade entre os Povos (Mopassol). O Conselho Mundial pela Paz perde sua vice-presidenta, o Mopassol, a sua presidenta, e os lutadores pela paz, uma valiosa companheira, de louvável experiência e inspirador engajamento.

Rina empenhou-se de forma rigorosa e aprofundada em pesquisas fundamentais para a nossa luta comum contra o imperialismo, as bases militares estranjeiras e a guerra, para a nossa expressão determinada de solidariedade aos povos sob ameaça do colonialismo, do neocolonialismo e da exploração, defendendo a justiça de forma determinada.

Sentimo-nos honrados por ter partilhado com ela estas trincheiras e homenageamos a bela memória da companheira e amiga Rina Bertaccini, cuja falta será sentida profundamente pelos movimentos pela paz que compomos o Conselho Mundial da Paz. Sua luta, entretando, nos fortalece e seu exemplo nos inspira. Em solidariedade aos amigos do Mopassol, aos familiares de Rina e aos argentinos,

Socorro Gomes
Presidenta do Cebrapaz

 

Cebrapaz participa do Fórum Social Mundial; movimentos sociais manifestam-se pela solidariedade entre os povos

O Fórum Social Mundial aconteceu na Tunísia, entre 24 e 28 de março, num ambiente diverso de solidariedade entre os povos na luta por um mundo melhor, mais justo e pela paz. Na capital do país norte-africano, representantes de organizações de todo o mundo (inclusive uma delegação brasileira de quase 200 pessoas de diversos movimentos sociais) debateram o contexto internacional de doméstico de vários países na busca e defesa da soberania popular, por mais mais participação política, por um modelo alternativo socio-político, saídas justas à crise internacional do capitalismo, a democratização dos meios de comunicação, entre outras pautas prioritárias e comuns a movimentos sociais. O Cebrapaz também participou do evento e das grandes marchas realizadas em torno da solidariedade entre os povos do mundo.

fb img 1427980645498

   

Página 1 de 79

Cebrapaz 10 anos

Banner

3ª Assembleia

cartaz-site

Login Form