Domingo, 26 de Março, 2017
   
Tamanho
Banner

Procure no site:

Movimentos colombianos promovem Fórum pela Paz em Porto Alegre

Palco do Fórum Social Mundial e do Fórum Palestina Livre, Porto Alegre sediará, nos dias 24, 25 e 26 de maio, o Fórum pela Paz da Colômbia. Movimentos sociais colombianos vão apresentar a conjuntura social e política do país que vive em meio a um conflito armado que se estende por mais de 50 anos.

O comitê organizador espera receber mais de mil pessoas de toda a América Latina com o objetivo de fortalecer o apoio internacional nas negociações entre o presidente Juan Manuel Santos e as Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia (Farc).

“Todo nosso esforço é para que a mesa de diálogo continue e que as negociações avancem para a solução política do conflito social armado. Exigimos também cessar fogo bilateral para garantir as condições favoráveis para o diálogo e que haja participação popular na construção da paz”, disse Sergio Quintero, do capítulo Rio de Janeiro da Marcha Patriótica.

Além de nomes da sociedade civil, o comitê organizador vai convidar representantes do governo, das Farc e do Exército de Libertação Nacional (ELN). Esse convite será feito por meio das embaixadas da Venezuela, Chile, Cuba e Noruega em Brasília, países que estão garantindo e facilitando os diálogos pela paz. “Dessa forma cumpriremos o papel de convidar todas as partes envolvidas. Nossa ideia é fazer uma transmissão pela internet para garantir a participação dos comandantes da guerrilha e receber representantes do governo em Porto Alegre”, explicou Sergio.

A programação do evento ainda não está totalmente fechada, mas nomes como o da ex-senadora Piedad Córdoba, principal liderança da Marcha Patriótica, e de Carlos Lozano, do Partido Comunista Colombiano, já estão confirmados. O comitê organizador também está tentando garantir a participação do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva na mesa de abertura ou de encerramento. Colombianos vão participar de todos os espaços que abordarão temas como reforma agrária, sindicalismo, educação, paz com justiça social, direitos humanos e soberania. Informações atualizadas estão sendo divulgados no blog: http://forumpelapaznacolombia.blogspot.com.br/

Todas as mesas de trabalho e plenárias devem acontecer no espaço da Câmara de Vereadores de Porto Alegre (Avenida Loureiro da Silva, 255). O Fórum pela Paz já recebeu apoio de mais de trinta entidades só no Rio, desde partidos nacionais a organizações do sindicais, do campo e de favelas: União Nacional do Negro (UNEGRO), Movimento dos Trabalhadores Rurais Sem Terra (MST), Central Única dos Trabalhadores (CUT), Partido Comunista do Brasil (Pc do B), Partido Comunista Brasileiro (PCB), correntes do Partido Socialismo e Liberdade (PSOL), Consulta Popular, Brigadas Populares, Levante Popular da Juventude, Camara Comunitária da Rocinha, Noticiário Latinoamericano da Rádio Santa Marta, Fórum de São Paulo, entre outros.

“Nós da Marcha Patriótica estamos muito surpresos com a solidariedade das organizações brasileiras que estão conseguindo entender a importância do momento político. Essas organizações, que dificilmente fazem atividades conjuntas, estão se unindo para construir solidariedade para Colômbia”, destacou Sérgio.

A Marcha Patriótica é um movimento que reúne cerca de 1.250 organizações da sociedade civil colombiana e está organizada em 14 países, não só da América Latina como também da Europa. No Brasil, há militantes em São Paulo, Rio de Janeiro e Porto Alegre.

Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar

Banner
Banner

Receba nossos boletins

3ª Assembleia

cartaz-site

Login Form