Ícone do site CEBRAPAZ

Hiroshima, 65 anos: ONU pede fim das armas nucleares até 2020

O secretário-geral da Organização das Nações Unidas (ONU), Ban Ki-moon, pediu nesta terça-feira (28) a abolição das armas nucleares até o ano 2020. O apelo de Ki-moon foi transmitido às autoridades, por meio de carta, durante a conferência de desarmamento, em Hiroshima, no Japão.

Em uma mensagem, Ki-moon destacou que a única forma de garantir a segurança no mundo é eliminação total das armas nucleares. O secretário-geral da ONU sugeriu aos líderes das potências nucleares que — para que possam ver a destruição causada por armamentos atômicos — visitem Hiroshima e Nagasaki.

Em agosto de 1945, ao fim da 2ª Guerra Mundial, as duas cidades foram alvo dos primeiros ataques nucleares da história — a explosão da bomba atômica, executada pelos Estados Unidos —, que as deixaram criminosamente destruídas.

Ki-moon declarou que, no começo do mês, irá ao Japão para participar da cerimônia que marca o 65º aniversário da explosão da bomba atômica. A estimativa é que cerca de 220 mil pessoas — a maioria civis, incluindo crianças — morreram apenas nos bombardeios norte-americanos às cidades japonesas de Tóquio, Kobe, Hiroshima e Nagasaki.

Com informações da Agência Brasil

Sair da versão mobile