Núcleo do Cebrapaz defende a causa palestina em sessão solene da Assembleia Legislativa do Acre

O Núcleo do Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta Pela Paz (CEBRAPAZ) do Acre realizou em 29 de novembro um ato de defesa da causa da Palestina em Sessão Solene na Assembleia Legislativa do Estado do Acre. A sessão foi promovida por iniciativa do Deputado Jenilson Leite (PCdoB).

Cebrapaz - Acre sessão solene na Assembleia Legislativa pela Palestina

A sessão aludiu aos 71 anos da aprovação da Resolução 181 pela Assembleia Geral das Nações Unidas — que propunha o plano de partilha da Palestina em dois estados para judeus e árabes — em 29 de novembro de 1947.

O professor Hildo Montysuma, coordenador do CEBRAPAZ – Acre, ressaltou a importância de a Assembleia Legislativa do Estado ter aberto suas portas para que se possa defender “a causa humanitária de solidariedade ao povo palestino e denunciar os crimes cometidos por Israel”.

“No momento em que o mundo vive uma onda regressiva de direitos, esse gesto do poder legislativo acreano é de grande valor para os que lutam por justiça e pelos direitos humanos”, afirmou Montysuma.

O professor considerou lamentável e um erro histórico as declarações do presidente eleito do Brasil, que manifestou a intenção de transferir a sede da embaixada do Brasil em Israel para Jerusalém. “Trata-se de um equívoco e ao mesmo tempo um desrespeito à resolução da ONU que institui Jerusalém como área internacional”, denunciou.

A data, 29 de novembro, é também o Dia Internacional de Solidariedade ao Povo Palestino, instituído pela ONU.

Foto: Neto Barros
Informações: Cebrapaz-Acre