Socorro Gomes: Cuba solidária dá exemplo ao mundo frente à pandemia

Diante dos desafios globais no combate à pandemia de coronavírus, desvelando gravíssimas limitações nos sistemas de saúde de vários países e expondo a natureza desumana do neoliberalismo e do imperialismo, a presidenta do Conselho Mundial da Paz (CMP) Socorro Gomes emitiu uma nota nesta quinta-feira (19) para saudar a demonstração de Cuba de que só é possível lidar com o desafio de forma solidária. Leia o texto a seguir.

Cuba solidária dá exemplo ao mundo frente à pandemia

Cuba volta a dar exemplo de solidariedade e humanidade, desta vez na luta contra a pandemia de coronavírus, não só fornecendo apoio médico a tantos povos desprovidos de assistência e avançando a passos largos na pesquisa para o desenvolvimento de uma vacina como, mais recentemente, ao permitir que um cruzeiro britânico com passageiros contaminados pelo vírus atraque na ilha revolucionária.

Enquanto isso, vários países na Europa e os Estados Unidos, entre vários outros, fecham suas fronteiras e isolam-se na busca por tratar de seus próprios problemas, muitas vezes de forma retardada pela incompetência de seus líderes ou agravada pelos precários ou inexistentes sistemas públicos de saúde, como nos EUA, agravando assim as chances do seu próprio povo e, especialmente, dos mais vulneráveis e dos trabalhadores.

Além de permitir que o cruzeiro britânico atraque na ilha, médicos cubanos continuam dirigindo-se a diversos países para enfrentar a batalha ao lado dos que mais necessitam. Em períodos de crise e calamidade global como esta fica ainda mais clara a importância da solidariedade internacional, o que Cuba demonstra com base em seus valores e princípios de forma consistente.

Expressamos por isso nossa admiração e solidariedade ao povo cubano e o reconhecimento pelo seu papel fundamental para tantos milhões que passam a contar com o seu apoio na necessidade mais vital que é a saúde.

Condenamos fortemente a perversidade da contínua política imperialista, criminosa e agressiva contra a maior das Antilhas, que sobrevive heroicamente ao cerco imposto pelos Estados Unidos há seis décadas para tentar sufocar um povo insubmisso que, além de não se dobrar, segue atuando internacionalmente e dando um exemplo ao mundo.

Viva Cuba e a solidariedade entre os povos!

Socorro Gomes
Presidenta do Conselho Mundial da Paz