Cebrapaz saúda o povo saarauí pela unidade nacional em prol da libertação

O povo saarauí comemora nesta segunda-feira (12) os 45 anos da unidade nacional em torno da estratégia de libertação do Saara Ocidental, primeiro do jugo colonial espanhol e, desde 1975, da ocupação marroquina, persistente até hoje. Homenageando a valentia do povo saarauí na luta por independência, o Cebrapaz divulga a declaração firmada pelo presidente Jamil Murad, reforçando sua solidariedade. Leia o texto a seguir:

Neste 12 de outubro, saudamos o povo saarauí pela unidade nacional em prol da libertação

Acompanhando de perto e de forma engajada a situação no Saara Ocidental, o Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) saúda o povo saarauí, liderado pela valente Frente POLISARIO, pelo 45º aniversário da consolidação da unidade nacional na sua estratégia de libertação do jugo colonial. 

Foi corajosa a decisão do povo saarauí de adotar a visão máxima de realização da sua autodeterminação, plasmada na formação da Frente Polisario e referendada através da afirmação da unidade nacional neste quadro, organizando a luta pela independência em relação à Espanha e, a seguir, ao Marrocos, que até hoje ocupa a sua pátria e impede a sua libertação. Não por muito mais tempo. 

Cresce em número e empenho o movimento internacional de solidariedade com o povo saarauí em sua justa luta, em contraste com o prolongamento inaceitável e que veementemente condenamos da ocupação do Saara Ocidental pelo Reino do Marrocos.

Somamo-nos ao povo saarauí e às forças solidárias de todo o mundo na demanda por uma ação decisiva e responsável por parte das Nações Unidas, a guardiã deste processo de descolonização até hoje incompleto. É passada a hora de derrotarmos na ONU o monopólio das potências imperialistas sobre os nossos destinos, em especial da França e dos Estados Unidos, neste caso, assim como da Espanha, que rendeu o povo saarauí a toda sorte de massacres e abusos cometidos pelo ocupante e recolonizador, o reino marroquino. 

Neste momento de agravados desafios e de inegável gravidade da situação dos povos em luta por libertação, estamos ao lado do povo saarauí exigindo nada menos que a implementação imediata do seu direito irrestrito à autodeterminação, sem condições ou relativizações. 

Viva a unidade nacional do povo saarauí!

Pelo fim da ocupação marroquina,  
Saara Livre!

Jamil Murad
Presidente do Cebrapaz