Ícone do site CEBRAPAZ

Cebrapaz saúda povo do Chile pela vitória contra a extrema-direita

O Cebrapaz – Centro Brasileiro de Solidariedade aos povos e Luta pela Paz associa-se aos sentimentos de vitória e alegria do povo chileno e de todos os povos irmãos latino-americanos pelo retumbante triunfo eleitoral das forças progressistas, democráticas, populares e de esquerda conquistado em 19 de dezembro. Gabriel Boric, o candidato da coalizão “Apruebo Dignidad”, venceu o pleito presidencial com 55,86 por cento dos votos, 11,6 pontos a mais que seu adversário de extrema direita, José Antonio Kast.

Foi a maior votação – 4,6 milhões de sufrágios – alcançada por um candidato à Presidência chilena. Outro dado histórico relevante: Boric venceu as eleições com o maior nível de participação da cidadania desde que foi implantado o voto facultativo, em 2012.

Saudamos a Frente Ampla e o Partido Comunista que foram as duas formações políticas fundamentais que construíram a vitória. Saudamos também as demais forças políticas democráticas que, ao manifestar seu apoio a Gabriel Boric no segundo turno, contribuíram para conjurar o perigo fascista que ameaçava o país.

A vitória das forças progressistas chilenas é fruto da justa revolta do povo, principalmente os trabalhadores, a juventude e as mulheres, em face das políticas neoliberais que têm sido aplicadas no país, e a ofensiva antissocial do governo direitista de Sebastián Piñera. Esta revolta já tinha se manifestado durante a rebelião popular de 2019 e a eleição da Assembleia Constituinte no ano passado.

Esta vitória abre uma nova etapa na vida política e social do Chile. O povo fraterno desse país dá um passo gigantesco para enfrentar os desafios de realizar transformações de fundo, a começar pela superação do neoliberalismo, com uma nova linha política de governo, antagônica à que esteve em vigor até agora.

Para a América Latina, o triunfo das forças progressistas chilenas tem enorme impacto. Boric se somará à plêiade de chefes de Estado em luta pela emancipação nacional e social de nossos povos, pela integração latino-americana e caribenha, enfrentando as forças dominantes internas e o imperialismo estadunidense, que pretende exercer domínio e hegemonia na região. O novo governo chileno será um fator de união dos povos e de reforço do seu empenho na construção da paz mundial.

Auguramos êxitos ao novo presidente do Chile e à sua equipe de governo, pelo bem do povo chileno e dos povos latino-americanos e caribenhos.

Sair da versão mobile