Nota da presidência do Conselho Mundial da Paz em repúdio aos atentados em Paris e às políticas imperialistas

Os atentados ocorridos em Paris na última sexta-feira (13) merecem o mais firme repúdio. Ao condená-los, expressamos as mais sentidas condolências aos familiares das vítimas e a todo o povo francês. 
O terrorismo é um método brutal e cruento que tem como principal alvo pessoas inocentes, e deve ser repudiado nos mais firmes termos. 
Somamo-nos ao clamor dos povos e das pessoas amantes da paz e da liberdade em todo o mundo pelo combate aos grupos que se utilizam desses métodos fazendo vítimas em diversos países no planeta atualmente, desde a Nigéria até a Tunísia, a Síria, o Líbano e, agora novamente Paris. Os povos unem-se em solidariedade às vítimas e às nações que buscam formas de superar esta mazela. 
Os povos também se unem na denúncia do papel das grandes potências imperialistas e das políticas de ingerência e de “guerras por procuração” que alimentam as redes terroristas. Os atentados demonstram, com demasiada crueldade, que entre as vítimas das políticas agressivas de determinados governos, como o dos Estados Unidos, da França, do Reino Unido, entre outros, estão também seus próprios cidadãos. 
Essas políticas geraram um solo fértil para grupos como o chamado “Estado Islâmico”. Os países imperialistas instrumentalizaram grupos terroristas utilizando-os na tentativa de derrubada do governo sírio. 
Além disso, preocupamo-nos com o combustível à xenofobia e à militarização contido na resposta do governo francês ao mais recente massacre de inocentes, com a já habitual reação islamofóbica, por um lado, e a imposição de “medidas excepcionais” que podam direitos democráticos essenciais, por outro. 
O mundo precisa mudar de rumo, as políticas de Estado das forças hegemônicas, baseadas na ingerência, no militarismo, na violação do Direito Internacional e nas guerras devem ser substituídas por políticas em defesa da paz e da soberania nacional. O combate ao terrorismo perpetrado por grupos como o ISIS e a Al Qaeda é indissociável da luta contra o terrorismo de Estado das potências imperialistas.
Socorro Gomes
Presidente do Conselho Mundial da Paz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s