Saudando mais uma vitória da democracia na Venezuela, reforçamos a solidariedade ao povo venezuelano!

Com 68% dos votos, a Revolução Bolivariana conquistou nas urnas uma inquestionável vitória, em meio à ofensiva contra a democracia na Venezuela. Envia firme recado às forças reacionárias e anti-patrióticas no país, submissas aos interesses do imperialismo estadunidense, enfrentando com a valentia garantida pela justeza da sua política a agressiva ingerência externa nos assuntos da Venezuela.

Saudamos, com confiança e solidariedade ao heroico povo venezuelano, a nova vitória do passado 20 de maio, que reelegeu o presidente Nicolás Maduro para seguir à frente da Nação.

Demonstrando a força da unidade numa frente progressista, o povo venezuelano resiste e não arreda pé da construção soberana do seu futuro. O Conselho Mundial da Paz, por isso, soma-se às forças democráticas em apoio à luta do povo venezuelano, em defesa da sua soberania, da paz e do progresso social.

Ao mesmo tempo, repudiamos energicamente a posição tomada pelo cartel formado por governos dos países no “Grupo de Lima” para ameaçar o governo bolivariano, inclusive com a participação de um governo ilegítimo nascido de um golpe de estado, caso do governo de Michel Temer no Brasil. Este grupo cumpre os desígnios do imperialismo ao anunciar que não reconhece os resultados eleitorais, pisoteiam a democracia venezuelana simplesmente porque nela, perdem.

Reforçamos nossa solidariedade ao povo venezuelano e as forças democráticas, populares e progressistas no país, na região e no mundo que não abrem mão da resistência à ofensiva colonialista contra a nação e seu povo.

Saudamos mais uma vez a vitória eleitoral e o fortalecimento democrático e soberano dos rumos da nação, ao tempo em que condenamos, nos mais firmes termos, as agressões e sabotagens contra a Venezuela e a ingerência em seus assuntos internos.

Todo o êxito ao povo e ao governo venezuelano no fortalecimento da democracia, da soberania e da paz!

Socorro Gomes, Presidenta do Conselho Mundial da Paz
25 de maio de 2018

Barreto chama a intensificar solidariedade à Venezuela

O Presidente Nacional do Cebrapaz, Antônio Barreto, divulgou nesta quarta-feira (23), uma nota onde chama “todos os que sustentam a bandeira da paz e da justiça social” a intensificar a solidariedade com a Venezuela. No texto, Barreto saúda a vitória do campo popular na eleição presidencial do último domingo (20), mas adverte que esta vitória “despertou a fúria do imperialismo estadunidense e de seus satélites”. Leia abaixo a nota do presidente do Cebrapaz.

Cebrapaz: A Venezuela venceu e seguirá vencendo com a solidariedade dos brasileiros e latino-americanos

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz), saúda de forma calorosa o povo irmão da Venezuela pelo exemplo de amor à pátria e à liberdade que ofereceu ao mundo no último domingo, dia 20 de maio, quando da realização das eleições presidenciais.

Neste dia, mais de 9 milhões de venezuelanos, apesar de pressionados por um cruel terrorismo econômico, deram prova de uma admirável firmeza moral e acorreram às urnas, sendo que 67,81% destes eleitores consagraram a reeleição de Nicólas Maduro à presidência da república.

Assim, de uma só vez a indômita nação de Bolívar derrotou o imperialismo, a mídia empresarial nacional e internacional e a oligarquia nativa, promotoras de uma poderosa campanha de sabotagem e de boicote.

Esta prova insofismável de força da democracia venezuelana despertou a fúria do imperialismo estadunidense e de seus satélites. Mesmo o governo golpista brasileiro, carente de qualquer legitimidade para dar lições de democracia, fez críticas ao transparente processo venezuelano.

Donald Trump, outro sem qualquer predicado moral para posar de paladino da democracia, entre outras razões por ter sido eleito presidente dos EUA mesmo tendo quase 3 milhões de votos a menos do que sua adversária, já anunciou o fortalecimento das sanções contra a Venezuela e segue em sua estratégia de sufocar economicamente a revolução bolivariana.

Fica claro que o imperialismo não desistirá de seus objetivos de destruir o processo revolucionário. Diante disso urge reforçar a solidariedade à República Bolivariana da Venezuela, com atos, palestras e atividades culturais que esclareçam o povo brasileiro sobre o verdadeiro significado da batalha que se trava em solo venezuelano em defesa da liberdade e do direito das nações à autodeterminação.

O desfecho desta luta consagrará – com o concurso de todos os que sustentam a bandeira da paz e da justiça social – a vitória definitiva do povo venezuelano sobre o imperialismo, influenciando positivamente as lutas de toda a América Latina.

Antônio Barreto

Presidente do Cebrapaz

Pela Direção Nacional

Salvador, 23 de maio de 2018

Na Venezuela, instituições do poder coordenam ações para garantir voto popular

Representantes da Força Armada Nacional Bolivariana (FANB) e dos poderes públicos iniciaram nesta terça-feira (15) o Plano República, que mobilizará 300 mil funcionários em mais de 14 mil centros de votação que receberão mais de 20 milhões de votantes no próximo domingo (20), quando serão eleitos o Presidente da República e os conselhos legislativos.

Resultado de imagem para venezuela elecciones

Continue reading “Na Venezuela, instituições do poder coordenam ações para garantir voto popular”

Presidenta do Conselho Mundial da Paz faz apelo a ampliar a solidariedade ao povo palestino

socorro_gomes_no_palestina_vive60046[English] Diante da brutalidade da repressão israelense das manifestações palestinas contra a ocupação e a colonização, que vitimou quase 60 pessoas nesta segunda-feira (14), a presidenta do Conselho Mundial da Paz, Socorro Gomes, emitiu uma contundente nota de repúdio, apelando ao reforço do apoio mundial à luta pela libertação da Palestina. Socorro também marca o dia da Nakba, a catástrofe palestina, nesta terça (15), manifestando “irrestrita solidariedade” ao povo palestino e às forças da paz que lutam por uma solução justa. Leia o texto a seguir:

Continue reading “Presidenta do Conselho Mundial da Paz faz apelo a ampliar a solidariedade ao povo palestino”

Nakba: Dicionário da resistência à colonização e ocupação da Palestina por Israel

Sumud e sanaúd são alguns termos da resistência do povo palestino na luta por sua terra. Em árabe, significam, respectivamente, resiliência (na terra) e a asserção do retorno (“voltaremos”) de mais de seis milhões de refugiados. Neste 15 de maio, nakba, “catástrofe” palestina, completa 70 anos. Mas esta não é só uma data histórica, é a narrativa de um genocídio em curso. Colonização, ocupação militar e apartheid num só regime contra o qual palestinos protestam há seis semanas, enfrentando a brutal repressão das forças israelenses que já vitimou mais de 100 pessoas.

Por Moara Crivelente*

Resultado de imagem para palestine
Foto: Said Khatib/AFP/Getty Images

Continue reading “Nakba: Dicionário da resistência à colonização e ocupação da Palestina por Israel”

Al-Nakba: A ferida que sangra e a profecia que não irá se cumprir

Nesta terça-feira (15) os palestinos registram a passagem do 70º aniversário do que eles chamam de “A Catástrofe” (Al-Nakba).

Por Wevergton Brito Lima*

Fadi Abu Saleh, palestino atingido em 2014 na ofensiva militar israelense e que resistia numa cadeira de rodas, morto nesta segunda (14).

Continue reading “Al-Nakba: A ferida que sangra e a profecia que não irá se cumprir”

Cebrapaz repudia ameaças dos EUA contra o Irã e a renúncia ao acordo nuclear

A saída unilateral dos EUA do Acordo Nuclear com o Irã, anunciada nesta terça-feira (8) pelo presidente Donald Trump, representa mais um perigoso movimento político de Washington. É evidente a tentativa de sabotar o acordo arduamente construído entre as seis potências mundiais, com anuência e acompanhamento das organizações e agências multilaterais.

Imagem relacionada

Continue reading “Cebrapaz repudia ameaças dos EUA contra o Irã e a renúncia ao acordo nuclear”

Conselho Mundial da Paz insta à mobilização contra agressões dos EUA e a guerra no Oriente Médio

Um dia antes de o presidente Donald Trump anunciar sua decisão unilateral de retirar os EUA do acordo nuclear com o Irã, nesta terça-feira (8), re-instituindo assim as sanções contra o país persa, o Conselho Mundial da Paz (CMP) alertava para o risco crescente da escalada imperialista no Oriente Médio. Denunciado a agressão contra a Síria e as próprias ameaças contra o Irã, o CMP insta à mobilização urgente. Leia a nota a seguir, traduzida pelo Cebrapaz.

Resultado de imagem para trump  iran

Continue reading “Conselho Mundial da Paz insta à mobilização contra agressões dos EUA e a guerra no Oriente Médio”

Grupo de Reflexão sobre Relações Internacionais emite nota contra abandono da UNASUL e convida adesões

O Grupo de Reflexão sobre Relações Internacionais (GRRI) emitiu em 27 de abril uma declaração, à qual convida subscrições, contra a decisão da Argentina, Brasil, Chile, Colômbia, Peru e Paraguai de suspender participações na União de Nações Sul-Americanas (UNASUL). A nota condena o prejuízo à integração regional soberana, estratégica e solidária, seguido das ações do chamado Grupo de Lima, criado em 2017 em reunião que resultou em uma de várias condenações à Venezuela. Leia a nota do GRRI a seguir saiba como endossá-la.

UNASUL - Brasil - GRRI

Continue reading “Grupo de Reflexão sobre Relações Internacionais emite nota contra abandono da UNASUL e convida adesões”

Solidariedade contra barbárie: a história de Cuba na África

Hoje se completam 40 anos da chacina de Cassinga, em 4 de maio de 1978, na qual morreram centenas de refugiados namibianos às mãos dos racistas sul-africanos e onde a heróica atuação cubana evitou um número maior de vítimas.

Resultado de imagem para cubanos namibia
Com a bandeira cubana e Che Guevara, Namíbia recebe o ex-presidente de Cuba Raúl Castro em 2009. Foto: Tawanda Kanhema

Continue reading “Solidariedade contra barbárie: a história de Cuba na África”

No 4º aniversário do massacre na Ucrânia, organizações denunciam apoio dos EUA e União Europeia a forças fascistas

Em 02 de maio de 2014, ao menos 43 pessoas foram mortas em um ataque contra uma sede sindical em Odessa, na Ucrânia, no contexto da crescente violência fascista que tomou conta do país. Uma crise alimentada pelos EUA e pela União Europeia havia derrubado o governo de Viktor Yanukovych em 2013. O apoio incondicional manifesto a forças nazi-fascistas, com um discurso russofóbico e uma subsequente ofensiva militar contra o leste do país, foi amplamente denunciado por organizações de paz, partidos progressistas e movimentos sociais.

A protester walks past a burning pro-Russia tent camp near the trade union building in Odessa
Acampamento em Odessa é incendiado por neofascistas em 2014. Yevgeny Volokin/Reuters

Continue reading “No 4º aniversário do massacre na Ucrânia, organizações denunciam apoio dos EUA e União Europeia a forças fascistas”

Socorro Gomes: Pela consolidação de uma paz soberana e fraterna na Península da Coreia

É com grande satisfação e esperança que as forças anti-imperialistas e da paz saúdam o mais recente evento da reaproximação entre os líderes coreanos, o Encontro de Alto Nível Coreano na Casa da Paz, em Panmunjom, em 27 de abril, que resultou em um consistente e auspicioso compromisso.

Resultado de imagem para korean leaders

Continue reading “Socorro Gomes: Pela consolidação de uma paz soberana e fraterna na Península da Coreia”

Maduro denuncia “intolerância ideológica” da Cúpula das Américas e planos contra eleições venezuelanas

O presidente Nicolás Maduro denunciou no domingo (15) tentativas de sabotar as eleições presidenciais de 20 de maio na Venezuela. Maduro, que falou em transmissão de rádio e televisão sobre o tema, disse que as provas serão apresentadas em breve. Em declaração emitida no sábado (14), ao fim da Cúpula das Américas, um grupo de países (em que Michel Temer incluiu o Brasil) arremeteu contra o governo venezuelano, no âmbito da constante ingerência nos assuntos internos da nação.

Presidente venezuelano Nicolas Maduro discursa em uma sessão da Assembleia Nacional Constituinte

Continue reading “Maduro denuncia “intolerância ideológica” da Cúpula das Américas e planos contra eleições venezuelanas”

Contra a ofensiva da toga e da mídia, pela democracia no Brasil, Lula livre!

O Brasil atravessa um mar revolto. Enfrenta a ofensiva das forças conservadoras respaldadas pelo imperialismo estadunidense e um crescente acirrar dos ânimos que dão espaço para a violência e o fascismo. O último episódio arbitrário já condenado internacionalmente é a negação ao direito a habeas corpus pelo Supremo Tribunal Federal (STF) e o subsequente decreto de prisão de Lula, emitido na quinta-feira (5) por um juiz que atropelou as leis.

Por Socorro Gomes*

Resultado de imagem para lula popula
Continue reading “Contra a ofensiva da toga e da mídia, pela democracia no Brasil, Lula livre!”

Em encontro do Movimento de Não Alinhados, chanceleres debatem segurança e a paz

A 18ª Conferência ministerial do Movimento de Países Não Alinhados (MNOAL) começa nesta quinta-feira (5) em Baku, capital do Azerbaijão, com sessões de trabalho entre chanceleres de países membros, uma ocasião em que serão traçadas estratégias para consolidar a paz e a segurança internacional.

mnoal azerbaijão

Continue reading “Em encontro do Movimento de Não Alinhados, chanceleres debatem segurança e a paz”

Pelo fim da ocupação israelense e do massacre do povo palestino!

As forças israelenses mataram ao menos 16 palestinos no simbólico Dia da Terra, 30 de março, um dia que expressa a resistência e a resiliência de um povo em sua pátria. Por isso, o Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (CEBRAPAZ) condena veementemente mais um episódio da brutalidade em que se baseia o regime criminoso do Estado de Israel e sua ocupação da Palestina.

Continue reading “Pelo fim da ocupação israelense e do massacre do povo palestino!”

Conferência na Argélia reúne saaráuis e solidários de vários países pelo direito à resistência e à autodeterminação

O Comitê Nacional Argelino de Solidariedade ao Povo Saaráui organizou a 6ª Conferência Internacional sobre o Direito dos Povos à Resistência: O Caso do Povo Saaráui, realizada em Argel, nos dias 30 e 31 de março. Cerca de 100 pessoas de 53 países da África, América Latina, Mundo Árabe e Europa participaram. O tema central do encontro foi demanda pelo cumprimento do compromisso internacional com a autodeterminação do povo saaráui.

Resultado de imagem para VI Conferencia Internacional sobre El derecho de los pueblos a la resistencia: el caso del pueblo saharaui

Continue reading “Conferência na Argélia reúne saaráuis e solidários de vários países pelo direito à resistência e à autodeterminação”

Pelo fim da ocupação israelense, todo o apoio à luta do povo palestino!

[English] O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (CEBRAPAZ) expressa sua profunda revolta contra mais um episódio do massacre do povo palestino e seu irredutível apoio à luta por uma paz justa, pela Palestina livre e soberana. Expressamos ainda pesar e indignação pelos mais de três mil feridos e pela morte de mais de 110 pessoas – metade delas apenas nesta segunda-feira (14), quando os EUA inauguraram sua Embaixada em Jerusalém, reconhecendo assim a cidade, unilateral e ilegitimamente, como a capital de Israel.

Continue reading “Pelo fim da ocupação israelense, todo o apoio à luta do povo palestino!”

Nota do Conselho Mundial da Paz sobre o recente massacre do povo palestino na Faixa de Gaza

O Conselho Mundial da Paz (CMP) denuncia firmemente aos povos do mundo e recente e ainda corrente massacre dos manifestantes pacíficos palestinos pelo Exército Israelense na Faixa de Gaza. Este novo crime brutal do regime de ocupação mostra sua face cruel e prova a arrogância de um Estado massivamente armado que nega, há mais de 70 anos, o direito a um Estado independente aos palestinos, como deveria ter ocorrido de acordo com a resolução 181 da ONU em 1947.

Resultado de imagem para palestine

Continue reading “Nota do Conselho Mundial da Paz sobre o recente massacre do povo palestino na Faixa de Gaza”