Entidades realizam evento internacional em solidariedade com a Venezuela; assista

O movimento da paz e as forças democráticas e progressistas de todo o mundo celebram todo 19 de abril o Dia de Ação Mundial em Solidariedade com o Povo da Venezuela. Neste 2021, o evento foi realizado no domingo (18), virtualmente, pelo Conselho Mundial da Paz (CMP), o Comitê de Solidariedade Internacional (COSI) da Venezuela, e o Conselho da Paz dos Estados Unidos. A presidenta do CMP Socorro Gomes participou – leia a sua fala, na matéria.

Pode ser uma imagem de 9 pessoas e texto
Continue lendo “Entidades realizam evento internacional em solidariedade com a Venezuela; assista”

Dia contra bases militares: 118 anos da ocupação de Guantânamo pelos EUA

Neste 23 de fevereiro, Dia Internacional de Ação contra as Bases Militares dos EUA e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), o Movimento Cubano pela Paz e a Soberania dos Povos (MovPaz) realiza um seminário virtual marcando também o aniversário da captura do território cubano de Guantânamo pelos Estados Unidos. São 118 anos desde que os EUA estabeleceram e mantêm uma base naval na província, com a oposição explícita do povo cubano, que demanda o retorno do seu território.

Continue lendo “Dia contra bases militares: 118 anos da ocupação de Guantânamo pelos EUA”

Coalizão e Conselho Mundial da Paz anunciam seminário contra bases militares; inscreva-se

Campanha Global contra Bases Militares dos EUA e da OTAN

O Conselho Mundial da Paz (CMP) e a Coalizão contra Bases Militares dos EUA e da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN) realizarão um Seminário Virtual, em 28 de fevereiro, às 13h00 (Brasília), por ocasião do Dia Internacional de Ação contra as Bases Militares dos EUA e da OTAN. Haverá tradução para o espanhol e será possível fazer comentários e questões. Veja mais informações sobre a iniciativa e inscreva-se.

Continue lendo “Coalizão e Conselho Mundial da Paz anunciam seminário contra bases militares; inscreva-se”

O TPI não libertará a Palestina, mas pode responsabilizar seus algozes

Um passo importante para que o Tribunal Penal Internacional (TPI) investigue as denúncias de crimes de guerra e crimes contra a humanidade perpetrados por Israel na Palestina, acumulando há vários anos no escritório de sucessivos promotores, está dado: a admissão da jurisdição da Corte. Que a questão é eminentemente política é evidente. Como dizem palestinos engajados na defesa da sua causa no âmbito jurídico, não é o TPI quem vai libertar a Palestina, mas a corte pode cumprir sua promessa fundadora ao responsabilizar os seus algozes.

Por Moara Crivelente*

Resultado de imagem para march of return
Protestos em Gaza, na Grande Marcha de Retorno (2018-2019)
Continue lendo “O TPI não libertará a Palestina, mas pode responsabilizar seus algozes”

Saarauís lançam campanha contra exploração de recursos do Saara Ocidental ocupado

Uma iniciativa de mais de 120 entidades saarauís, resultante de uma conferência internacional pela articulação estratégica da resistência civil no Saara Ocidental, acaba de ser lançada. A campanha O Saara Não está à Venda (WSNS, na sigla em inglês) pretende reunir os solidários à luta do povo saarauí pelo fim da ocupação do seu território pelo Marrocos contra a exploração dos seus recursos naturais. O espólio, que viabiliza a continuidade da ocupação marroquina, é denunciado como uma grave violação do direito internacional, em que empresas e estados têm responsabilidade.

Saarauís lançam outra iniciativa de solidariedade nos campos de refugiados em 2018. Foto: Moara Crivelente / Cebrapaz.
Continue lendo “Saarauís lançam campanha contra exploração de recursos do Saara Ocidental ocupado”