Organização de solidariedade tricontinental rechaça anúncio de Trump sobre Jerusalém

A Organização de Solidariedade dos Povos da África, Ásia e América Latina (OSPAAAL) emitiu nesta quinta-feira (7) uma contundente nota de rechaço ao anúncio do presidente estadunidense Donald Trump em reconhecimento unilateral de Jerusalém como a capital do Estado de Israel. A OSPAAAL foi estabelecida pelo movimento anti-colonial e anti-imperialista na década de 1960, no impulso da Conferência Tricontinental, e sempre afirmou apoio resoluto à luta do povo palestino pela libertação nacional. Leia o texto a seguir: Continue reading “Organização de solidariedade tricontinental rechaça anúncio de Trump sobre Jerusalém”

Declaração do Conselho Mundial da Paz contra o anúncio de Trump sobre Jerusalém

O Conselho Mundial da Paz (CMP) condena firmemente a decisão do presidente estadunidense Donald Trump de reconhecer Jerusalém como a capital de Israel e transferir a embaixada dos EUA de Tel Aviv para Jerusalém.

000_UY4KU-e1512656042460-640x400

Continue reading “Declaração do Conselho Mundial da Paz contra o anúncio de Trump sobre Jerusalém”

EUA prometeram Jerusalém a Israel ainda no início do “processo de paz”

O controverso anúncio do presidente dos Estados Unidos Donald Trump, em que reconhece Jerusalém como a capital de Israel, nesta quarta-feira (6), tem recebido enfático rechaço. Trata-se de promessa antiga, porém, que, cumprida por Trump, é mais uma afronta do imperialismo estadunidense ao povo palestino e árabe e a todos os engajados na luta pela paz. Deve, por isso, ser amplamente contestada.

Por Moara Crivelente*

palestine-jerusalem

Continue reading “EUA prometeram Jerusalém a Israel ainda no início do “processo de paz””

Socorro Gomes: Trump agride causa nacional palestina, viola direito internacional e provoca a guerra

A declaração do presidente dos Estados Unidos, Donald Trump reconhecendo Jerusalém como capital do Estado sionista israelense e a decisão de instalar nessa cidade a embaixada dos Estados Unidos em Israel é uma afronta ao ao Direito Internacional, uma violação de resoluções da Organização das Nações Unidas, uma ofensa abjeta à dignidade, à honra e aos direitos do povo palestino, um obstáculo a mais para a realização da causa nacional palestina e uma provocação de guerra.

Continue reading “Socorro Gomes: Trump agride causa nacional palestina, viola direito internacional e provoca a guerra”

Trump anuncia transferência da embaixada para Jerusalém e abala relação com mundo árabe e aliados

Como já era esperado, Donald Trump acaba de anunciar, na tarde desta quarta-feira (6), o reconhecimento oficial dos EUA de Jerusalém como capital de Israel e determinou a transferência da embaixada estadunidense. Ao mesmo tempo em que a extrema-direita e os sionistas vão ao êxtase, a medida causa grandes fissuras entre Estados Unidos e os países árabes aliados, ainda difíceis de dimensionar em termos de consequências concretas, mas preocupantes para o imperialismo americano. Todos os partidos políticos palestinos decretaram, a partir desta quarta-feira, “três dias de fúria”.

Por Wevergton Brito Lima* 

Continue reading “Trump anuncia transferência da embaixada para Jerusalém e abala relação com mundo árabe e aliados”

Na pátria de Ho Chi Minh, homenageamos Fidel, herói da luta dos povos pela paz

No primeiro aniversário do falecimento do Comandante Fidel Castro, em 25 de novembro, delegados do movimento da paz reunidos em Hanói, no Vietnã, fizeram inspirada homenagem ao grande líder da Revolução Cubana e combatente das causas mais nobres da humanidade, o grande lutador pela paz, pelos direitos dos povos e o progresso social.

Por Socorro Gomes*

Continue reading “Na pátria de Ho Chi Minh, homenageamos Fidel, herói da luta dos povos pela paz”

Na Rússia, presidenta do Conselho Mundial da Paz enfatiza o papel da Revolução de Outubro nas lutas dos povos

Nas comemorações pelo centenário da grande Revolução de Outubro, na Rússia, delegações e visitantes de todo o mundo celebraram a história como viva lição para o presente e o futuro. Nos eventos do Partido Comunista da Federação Russa (PCFR), entre 1º e 7 de novembro, em São Petersburgo e Moscou, a presidenta do Conselho Mundial da Paz Socorro Gomes enfatizou o legado de bravos revolucionários para a libertação dos povos e para a luta contínua pela paz. Leia seu discurso a seguir.

Continue reading “Na Rússia, presidenta do Conselho Mundial da Paz enfatiza o papel da Revolução de Outubro nas lutas dos povos”

Presidenta do Conselho Mundial da Paz repudia a persistência do paramilitarismo na Colômbia

A presidenta do Conselho Mundial da Paz (CMP), Socorro Gomes, emitiu uma nota de repúdio e solidariedade ao povo colombiano pelos assassinatos de diversos líderes comunitários, defensores de direitos humanos, líderes de movimentos sociais e ex-combatentes das Forças Armadas Revolucionárias da Colômbia – Exército do Povo (FARC-EP), neste domingo (22). Socorro reafirmou o apoio do CMP à demanda do povo colombiano pelo fim da impunidade, do paramilitarismo e da violência e pela construção de uma paz justa e duradoura. Leia o texto a seguir:

Continue reading “Presidenta do Conselho Mundial da Paz repudia a persistência do paramilitarismo na Colômbia”

Conselho da Paz estadunidense rechaça política externa de Trump e convoca ao protesto

Membro do Secretariado do Conselho Mundial da Paz, o Conselho da Paz dos EUA manifestou contundente rechaço ao recente discurso do presidente Donald Trump na Assembleia Geral das Nações Unidas, já amplamente condenado por movimentos sociais e governos de todo o mundo. No texto, publicado em 24 de setembro, a organização estadunidense apela às forças nacionais por uma mobilização massiva contra a política externa beligerante e imperialista exposta por Trump dias antes, na sede da ONU. Leia o texto a seguir:

Continue reading “Conselho da Paz estadunidense rechaça política externa de Trump e convoca ao protesto”

Movimentos exigem libertação da líder comunitária argentina Milagro Sala; assine a petição

Movimentos sociais de toda a região e além têm denunciado a perseguição de Milagro Sala, dirigente social da Argentina presa desde janeiro de 2016, pelo governo de Maurício Macri. A acusação contra ela é a de “instigar delitos e tumultos”, por organizar a mobilização por direitos, sobretudo no campo. Por isso, o apelo emitido nesta semana é pela adesão à petição por sua libertação imediata e a outras formas de protesto na internet. Veja abaixo.

Continue reading “Movimentos exigem libertação da líder comunitária argentina Milagro Sala; assine a petição”