Categoria: Dossiês

Cortes militares servem ocupações beligerantes, da Palestina ao Saara Ocidental

O limite da extensão temporal de uma ocupação militar não é claramente definido pelo direito internacional, nem sua prática, criminalizada. Assim, Israel ocupa a Palestina há 50 anos e o Marrocos ocupa o Saara Ocidental há 42. Nestes casos, o encarceramento massivo é uma das táticas de repressão da resistência que persiste e as cortes militares, um instrumento para garantir sua eficácia, num perpétuo estado de exceção.

Por Moara Crivelente*

Artigo 14 Conv Direitos Civis e Polticos - Cebrapaz2

Continue reading “Cortes militares servem ocupações beligerantes, da Palestina ao Saara Ocidental”

Contra o muro do silêncio: Saráuis resistem à ocupação e à negligência

São 133 anos de colonização e 42 de ocupação. O povo saráui manifesta uma resistência potente, seja sob a ocupação marroquina, seja nos campos de refugiados no deserto argelino. Entretanto, a “paciência” não é infinita e os saráuis não podem mais ouvir o apelo por ela. Em visita recente, o Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e luta pela Paz (Cebrapaz) ouviu relatos e testemunhou consequências da pendência colonial e da negligência mundial.

Por Moara Crivelente, dos campos de refugiados em Tinduf (Argélia)

Continue reading “Contra o muro do silêncio: Saráuis resistem à ocupação e à negligência”

Quase seis décadas de compromisso, mas a luta anticolonial persiste

Há 56 anos, a Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU) aprovou a histórica “Declaração sobre a Concessão de Independência aos Países e Povos Coloniais”, almejando encerrar o capítulo vergonhoso de uma história de opressão, dominação e subjugação. Casos como o do Saara Ocidental, da Palestina e de Porto Rico continuam pendentes, porém, não sem obstinada resistência, respaldada por movimentos anticoloniais e anti-imperialistas construídos nessa luta.

Por Moara Crivelente*

Continue reading “Quase seis décadas de compromisso, mas a luta anticolonial persiste”

Comitê parlamentar britânico admite que a guerra contra a Líbia foi movida a mentiras e detalha os papeis na agressão

Após o relatório sobre a conduta execrável do então primeiro-ministro britânico Tony Blair durante a invasão do Iraque, em 2003, o Reino Unido confronta-se agora com um novo documento, publicado em 14 de setembro de 2016. O texto detalha como a guerra contra a Líbia, em 2011, promovida pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), foi movida a mentiras. Outra conclusão óbvia, que ecoa denúncias da mídia alternativa e dos movimentos anti-imperialistas, é a de que o então presidente Muammar Kaddafi não planejava um massacre, como alegou-se então, e que a situação na Líbia só piorou desde a sua derrubada e execução.

Continue reading “Comitê parlamentar britânico admite que a guerra contra a Líbia foi movida a mentiras e detalha os papeis na agressão”

Estados Unidos incrementam apoio militar ao país-exército Israel

Israel e EUA assinaram nesta quarta-feira (14 de setembro de 2016) um acordo histórico. Não é inovador, mas é recordista: por 10 anos, os Estados Unidos enviarão a um projeto colonial assentado no genocídio dos palestinos e na ameaça constante a seus vizinhos US$ 38 bilhões (R$ 127 bilhões), apenas em “assistência militar”. E mais: o presidente estadunidense Barack Obama, que se despede do cargo, garante que o montante pode ser incrementado, “se necessário”.

Por Moara Crivelente*

Continue reading “Estados Unidos incrementam apoio militar ao país-exército Israel”