Nota do Cebrapaz de repúdio ao atentado contra o Presidente venezuelano Nicolás Maduro

[Español]
O atentado com drones ocorrido neste sábado (4) em Caracas, que tinha como alvo o presidente da República Bolivariana da Venezuela, Nicolás Maduro Moros, merece de todos os humanistas e democratas a mais veemente manifestação de repúdio.

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) há tempos vem advertindo que os setores da direita venezuelana, financiados e dirigidos pelo imperialismo estadunidense, colocam a paz da nação irmã e da própria região em perigo com seus métodos antidemocráticos e terroristas.

O secretário-geral da Organização de Estados Americanos (OEA), senhor Luis Almagro, sempre tão ágil em fazer pronunciamentos que atendam aos interesses dos seus patrões dos EUA, muitas horas depois do atentado permanece em silêncio, assim como o chamado Grupo de Lima, aliança da qual faz parte o governo golpista do Brasil.

Esta ausência de condenação de um ato terrorista revela que tais atores são cúmplices e responsáveis indiretos pelo incentivo à ultradireita venezuelana. Enquanto isso, a mídia hegemônica brasileira ao mesmo tempo em que trata a tentativa de magnicídio como um assunto secundário, parte para o ataque contra o governo de Nicolás Maduro, passando a mensagem de que vale tudo para derrotar a revolução bolivariana.

O Cebrapaz, sem vacilar um instante, coloca-se inteiramente ao lado do povo venezuelano e do legítimo governo do presidente Nicolás Maduro em sua luta heroica contra o imperialismo estadunidense, em defesa da democracia e da soberania nacional da Venezuela.

Antônio Barreto
Presidente do Cebrapaz
Salvador, 5 de agosto de 2018