Trump ofende a humanidade ao intensificar sanções contra o Irã em tempos de pandemia, diz Socorro Gomes

O presidente Donald Trump anunciou na quarta-feira (18) o reforço das sanções dos Estados Unidos contra o Irã, um dos países mais afetados pela pandemia de coronavírus, com milhares de casos confirmados. O movimento da paz internacional já reagiu de forma contundente contra mais esta medida criminosa do governo Trump. A presidenta do Conselho Mundial da Paz (CMP) Socorro Gomes emitiu a seguinte nota.

Em tempos de pandemia, Trump ofende a humanidade intensificando sanções contra o Irã

O governo de Donald Trump decidiu reforçar as sanções criminosas que os Estados Unidos têm mantido e intensificado contra o Irã há décadas. O movimento da paz estadunidense já denunciou a perversidade de tal medida, especialmente porque o Irã é um dos países mais afetados pelo surto mundial de coronavírus, com mais de 17 mil casos confirmados de contaminação e mais de mil mortes registradas até o momento, enquanto ainda faltam medicamentos vitais e equipamentos médicos para que o povo iraniano enfrente a pandemia.

Por isso, é indignante e rechaçamos nos mais veementes termos a decisão criminosa de Donald Trump de intensificar as sanções, num momento em que as nações deveriam cooperar para superar esta pandemia e criar soluções para proteger os seus povos e a humanidade contra essa calamidade humanitária.

Expressamos, como sempre, nossa solidariedade com o povo iraniano que enfrenta as políticas imperialistas dos Estados Unidos, em situações, literalmente, de vida ou morte. Unimo-nos às organizações de paz que já denunciaram a ação de Trump como um crime contra a humanidade e exigem a outras nações, especialmente os aliados europeus dos EUA, que não obedeçam os desmandos de Trump e cooperem com o Irã na luta contra a pandemia.

Que tenhamos que testemunhar a adoção de tal medida é ainda mais esclarecedor da natureza atroz do imperialismo e da necessidade de fortalecermos a solidariedade internacional entre os povos e com o povo iraniano.

Fim às sanções criminosas dos Estados Unidos contra o Irã, já!

Socorro Gomes
Presidenta do Conselho Mundial da Paz.