Tag: Marrocos

Entidades e ativistas saaráuis condenam o silêncio sobre torturas e espólio de recursos pela ocupação marroquina

O presidente da Associação de Familiares de Presos e Desaparecidos Saarauis (AFAPREDESA), Omar Abdeslam, condenou neste sábado (10) o silêncio internacional diante dos abusos, a opressão, a perseguição e a tortura do povo saaráui nas zonas ocupadas [pelo Marrocos], acusando países como a França e a Espanha por seu respaldo à ocupação marroquina.

desaparecidos_saarauis - foto moara_crivelente
Mural pelos desaparecidos na sede da AFAPREDESA, nos campos de refugiados saaáruis na Argélia. Foto: Moara Crivelente

Continue reading “Entidades e ativistas saaráuis condenam o silêncio sobre torturas e espólio de recursos pela ocupação marroquina”

Uma centena de organizações apelam à Cruz Vermelha por proteção aos prisioneiros saaráuis

Uma carta dirigida na segunda-feira (9) ao Comitê Internacional da Cruz Vermelha (CICV), apelando pela proteção dos prisioneiros saaráuis, foi assinada por 101 entidades de todo o mundo. A carta, elaborada pela Associação Americana de Juristas e o Birô Internacional pelo Respeito aos Direitos Humanos no Saara Ocidental, destaca as violações da Quarta Convenção de Genebra (1949) pelo Reino do Marrocos e pede ao CICV, designado pelos 196 Estados-parte como guardião, que garanta o respeito às convenções, focando no caso dos ativistas do acampamento pacífico de Gdeim Izik. Leia o texto a seguir (em espanhol), endossado pelo Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) e pelo Conselho Mundial da Paz:

Continue reading “Uma centena de organizações apelam à Cruz Vermelha por proteção aos prisioneiros saaráuis”

Diversos países demandam descolonização do Saara Ocidental à ONU; ativistas e presidente Brahim Ghali denunciam negligência

O Comitê de Política Especial e Descolonização (chamado Quarto Comitê) das Nações Unidas reúne-se nesta semana em Nova York, durante a 72ª sessão da Assembleia Geral, onde debate, entre outros casos, a autodeterminação do povo saráui. A ativista de direitos humanos Isabel Lourenço conversa com o Cebrapaz após, no debate, ter denunciado a negligência internacional diante da situação no Saara Ocidental, há quatro décadas ocupado pelo Reino do Marrocos.

Continue reading “Diversos países demandam descolonização do Saara Ocidental à ONU; ativistas e presidente Brahim Ghali denunciam negligência”

Conselho Mundial da Paz submete apelo à ONU pela proteção das crianças saráuis sob ocupação marroquina

O Conselho Mundial da Paz submeteu uma comunicação escrita elaborada por um grupo de organizações saráuis para a 36ª sessão do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, a realizar-se entre 11 e 29 de setembro. No texto, o foco das denúncias é a situação das crianças saráuis, desprotegidas e vítimas de diversos tipos de abuso e violações dos seus direitos, sob a ocupação militar marroquina. O apelo é por responsabilidade das Nações Unidas na proteção dos direitos humanos dos saráuis. Leia o documento a seguir.

Continue reading “Conselho Mundial da Paz submete apelo à ONU pela proteção das crianças saráuis sob ocupação marroquina”

Entidades, parlamentares e intelectuais denunciam a condenação de saráuis pelo Marrocos

Mais de 140 associações, parlamentares, partidos, intelectuais e outras organizações de ao menos 15 países já aderiram à declaração que repudia a condenação de 23 saráuis pelo Reino do Marrocos, anunciada em julho, após anos de um julgamento falsário, repleto de irregularidades e deliberadamente protelado. A iniciativa é da Associação Equatoriana de Amizade com o Povo Saráui e foi endossada pelo Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz). O texto conclui exigindo o fim da ocupação do Saara Ocidental pelo Marrocos e será entregue ao Comitê da ONU para a Descolonização (“Comitê dos 24”). Adesões devem ser enviadas à Associação Equatoriana (asoecuatorianasaharaui@gmail.com). Leia a seguir:

Continue reading “Entidades, parlamentares e intelectuais denunciam a condenação de saráuis pelo Marrocos”