Tag: ONU

Jovem saaráui imola-se em protesto contra ocupação marroquina

Um jovem saaráui, Ahmed Salem Lemghaimad, foi declarado morto nesta quarta-feira (6), poucos dias após ter ateado fogo ao próprio corpo. Ahmed, de 24 anos de idade, imolou-se no sábado (2), na fronteira de Gargarat entre o território do Saara Ocidental ocupado pelo Reino do Marrocos, a porção liberada pelos saaráuis em quase duas décadas de luta armada, e a Mauritânia.

A imagem pode conter: 1 pessoa

Continue reading “Jovem saaráui imola-se em protesto contra ocupação marroquina”

Entidades latino-americanas denunciam violações dos direitos do povo saaráui e demandam ação da ONU

Entidades latino-americanas e caribenhas em articulação para consolidar o apoio regional ao povo saaráui emitiram um comunicado nesta sexta-feira (6) sobre os direitos humanos no Saara Ocidental, ocupado pelo Marrocos desde 1975. O grupo de entidades de mais de 10 países, inclusive o Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz), condena a política marroquina de repressão dos protestos e o protelamento da descolonização do Saara Ocidental, demandando à ONU proteção dos direitos humanos dos saaráuis e a realização do seu direito à autodeterminação. Leia o texto a seguir.

Continue reading “Entidades latino-americanas denunciam violações dos direitos do povo saaráui e demandam ação da ONU”

Demasiada moderação no rechaço à colonização da Palestina por Israel

Repetimos: a colonização da Palestina por Israel não é um “conflito” com “duas partes” simetricamente responsáveis por “escaladas de violência”. A violência na Palestina ocupada por Israel é estrutural, sistêmica, epistêmica e contínua, embora a atenção global só retorne àquela região e àquele povo resistente quando há mortes. Muitas mortes. Nesta segunda-feira (2), no Conselho de Direitos Humanos da ONU, a “situação na Palestina” merecia mais contundência. E ela não veio do Brasil.

Por Moara Crivelente*, de Genebra

Continue reading “Demasiada moderação no rechaço à colonização da Palestina por Israel”

Chanceler do Equador será a primeira latino-americana a presidir Assembleia Geral das Nações Unidas

A chanceler do Equador, Maria Fernanda Espinosa, será a primeira mulher latino-americana a assumir a presidência da Assembleia Geral da ONU, em setembro. Desde já, ela vislumbra os desafios do 73º período de sessões. Em entrevista, disse que será o período de implementação das primeiras reformas promovidas pelo secretário geral, Antonio Guterres. “Devemos dizer ao mundo que somos uma organização responsável”, afirmou.

Resultado de imagem para Maria Fernanda Espinosa

Continue reading “Chanceler do Equador será a primeira latino-americana a presidir Assembleia Geral das Nações Unidas”

Filed under: