Cebrapaz participa de ato em SP contra a ditadura de Mubarak

No último dia 11, nas escadarias do prédio da Gazeta, na Avenida Paulista, o Cebrapaz esteve ao lado de diversas entidades para expressar sua solidariedade e também suas felicitações ao povo do Egito, que naquela data expulsou o ditador Hosni Mubarak do poder.

O Cebrapaz foi representado na manifestação por Denis Veiga Junior, que lembrou o fato de Mubarak ter sido apoiado durante os últimos 30 anos pelo imperialismo norte-americano e por Israel, que ocupa e rouba territórios, ergue muros e oprime o povo palestino e árabe.

Para o Cebrapaz, o povo egípcio ensinou ao mundo, tal qual os vietnamitas, argelinos, laocianos, cambojanos, chineses, coreanos, cubanos e tantas outras nações, que o imperialismo pode e deve ser derrotado. As máquinas de guerra e os aparelhos opressivos não são invencíveis – invencível é a vontade férrea de um povo de se libertar dos grilhões dos tiranetes e das elites, financiadas e mantida pelo imperialismo e seu extraordinário aparato bélico em escala planetária.

Denis Veiga Junior mostrou preocupação com o eventual sequestro do levante popular pelos aliados do ditador e do império, o que seria causa de enorme frustração para o povo egípcio e para os amantes da paz, do progresso social e da liberdade.

Diversos oradores felicitaram o povo Egípcio pela conquista da liberdade e da democracia. As pouco mais de cem pessoas presentes ao ato deram a ele significado elevado, pelas entidades que representavam, pela qualidade das intervenções e pelo valor da causa defendida: a liberdade.

Ao que parece a primavera dos povos árabes está apenas no começo, e oxalá esteja chegando a hora das monarquias absolutistas, retrógradas e obscurantistas, aliadas dos ianques e de Israel.

Deixe uma resposta