Na Colômbia presos políticos declaram greve de fome

COMUNICADO PÚBLICO: PRESAS E PRESOS POLÍTICOS SE DECLARAM EM JORNADA NACIONAL DE GREVE DE FOME

A Fundação Lazos de Dignidad comunica a Comunidade Nacional e Internacional que coletivos de Presas e Presos Políticos, em 11 reclusões colombianas, nos informaram que a partir do dia 20 de março de 2012 iniciaram Jornada Nacional de Greve de Fome para exigir ao governo colombiano aprovar o ingresso da Comissão Internacional de Observação da   situação de Direitos Humanos e as presas e presos políticos na Colômbia.   

ATOS

1. O dia de hoje, 19 de março de 2012, recebemos comunicados mediante os quais os Coletivos de Presas e Presos Políticos na Penitenciaria de Segurança Máxima “La Tramacúa” de Valledupar (Cesar), Penitenciaria de Segurança Máxima de Combita (Boyacá), Penitenciaria de Segurança Media El Barne (Boyacá) Penitenciaria de Segurança Máxima La Dorada (Caldas), Penitenciaria Segurança Máxima de Palo Gordo (Santander), Prisão Villa Inés de Apartadó (Antioquia), Prisão de Quibdó (Chocó), Penitenciaria de Girardot (Cundinamarca), ERON Picota (Bogotá), Penitenciaria Picota (Bogotá) e Reclusão de Mulheres o Bom Pastor de Bogotá, nos informaram que a partir do dia 20 de março de 2012 iniciaram una JORNADA NACIONAL DE GREVE DE FOME , a qual também será acompanhada por presos sociais.

2. A JORNADA NACIONAL DE GREVE DE FOME tem como finalidade RECHAÇAR rotundamente o pronunciamento feito pelo governo nacional na cabeça do Ministro da Justiça (Juan Carlos Esguerra) mediante o qual nega a existência de presos políticos, e EXIGIR ao governo e as autoridades penitenciarias permitir a execução da visita de verificação da Comissão Internacional de Observação anunciada pelas Mulheres Gestoras do Mundo pela Paz desde o dia 26 de fevereiro de 2012, e a qual havia sido autorizada pelo ministro.

3. Os Coletivos de Presas e Presos Políticos exortam a Colombianos e Colombianas pela Paz, Setores Sociais e Populares, ONG de Direitos Humanos, Sindicatos, Movimento Estudantil, entre outras expressões sociais, para que brindem acompanhamento nesta justa reclamação e abram espaços de discussão sobre o delito político na Colômbia.

RESPALDAMOS A PETIÇÃO E SOLICITAMOS GARANTIAS

Respaldamos a justa petição dos Coletivos de Presas e Presos Políticos e solicitamos as autoridades penitenciarias oferecer as garantias para o exercício do direito ao protesto pacifico dos presos e presas, em cumprimento do artigo 37º da Constituição Política da Colômbia e da Sentença T-571 de 2008 da Corte Constitucional Colombiana.

Solicitamos ao governo nacional resolver favoravelmente a petição das e dos presos e permitir a ação humanitária de verificação da situação de direitos humanos e das e dos presos políticos nas prisões colombianas. Anexamos os pronunciamentos dos distintos coletivos de presos políticos que se somaram a  jornada nacional.

CHAMADO A SOLIDARIEDADE

Fazemos um chamado a comunidade nacional e internacional e organizações solidarias para que exerçam observação no desenvolvimento da JORNADA NACIONAL DE GREVE DE FOME, a fim de prevenir vulnerações aos direitos fundamentais dos grevistas. Solicitamos apoiar a petição das e dos presos e emitir seus pronunciamentos de respaldo dirigidos as seguintes autoridades colombianas:

JUAN MANUEL SANTOS CALDERÓN Presidente de la República de Colombia Carrera 8 No. 7 -26 Palacio de Nariño Bogotá Fax: (+57 1) 566.20.71 E-mail: fsantos@presidencia.gov.co

ANGELINO GARZÓN Vicepresidente de la República de Colombia Carrera 8 No.7-57 Bogotá D.C. Teléfonos (57 1) 444 2120 – 444 2122 Fax: (57 1) 596 0651 E-mail: contactovicepresidencia@presidencia.gov.co Twitter: @angelino_garzon

JUAN CARLOS ESGUERRA Ministro de Justicia y del Derecho de Colombia Carrera 9a. No. 14-10 – Bogotá, D.C. e-mail: ministro@minjusticia.gov.co,reclamos@mij.gov.co PBX (+57) 444 31 00 Ext. 1820

GUSTAVO ADOLFO RICAURTE TAPIA Director Nacional del INPEC PBX (57) 2347474 / 2347262/3382316 Calle 26 No. 27-48 – Bogotá, D.C., Colombia E- mail: direccion@inpec.gov.co, reclamos@inpec.gov.co

ALEJANDRO ORDOÑEZ MALDONADO Procurador General de la Nación Fax: (+571) 3429723 – 2847949 Fax: (+571) 3429723 Carrera 5 #. 15-80 – Bogotá, D.C., Colombia E-mail: cap@procuraduria.gov.co,quejas@procuraduria.gov.co; webmaster@procuraduria.gov.co

WOLMAR ANTONIO PÉREZ ORTIZ Defensor Nacional del Pueblo Fax: (+571) 640.04.91 Calle 55 # 10-32, Bogotá. E-mail: secretaria_privada@hotmail.com; agenda@agenda.gov.co Colombia, Marzo 19 de 2012.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s