Seminário Internacional cria Comitê de Solidariedade ao povo cubano

Evento aconteceu no auditório da Escola Tiradentes com as presenças de aproximadamente 300 pessoas de vários Partidos Políticos e da Sociedade Civil Organizada Aconteceu na manhã deste sábado, 5, no auditório da Escola Tiradentes, com a presença de aproximadamente 300 pessoas de vários Partidos Políticos e da Sociedade Civil Organizada, seminário internacional que criou o Comitê de Solidariedade ao povo cubano e pela libertação dos cinco heróis cubanos presos nos Estados Unidos.

Compondo a mesa de trabalho estavam: o presidente do Partido Comunista do Brasil (PC do B) no Amapá, Luiz Pingarilho, os senadores da República João Alberto Capiberibe (PSB) e Randolfe Rodrigues (PSOL); os deputados federais, Evandro Milhomem (PC do B) e Janete Capiberibe (PSB), presidente do Partido dos Trabalhadores (PT) no Amapá, Nilza Amaral, representante do governador Camilo Capiberibe no evento, Carlos Henrique, diretora da União Nacional dos Estudantes (UNE) no Amapá, Yasmin Rocha de Sousa e o representante da Embaixada de Cuba no Brasil, conselheiro econômico Raciel Proenza Rodrigues. Pingarilho expôs aos presentes o motivo do seminário e disse que ultimamente estão sendo vinculadas pela mídia, que ele chamou de imperialista, algumas inverdades sobre as experiências do poder popular em Cuba. “Vários Estados do nosso país como São Paulo, Ceará, Rio Grande do Norte, Rio Grande do Sul, Rio de Janeiro, Distrito Federal, Bahia, entre outros, já criaram seus comitês – por isso estamos aqui para que possamos criar nosso comitê de apoio ao povo cubano”, completou.

Várias autoridades usaram da palavra. Os senadores Capi e Randolfe reafirmaram solidariedade com Cuba, denunciando o odioso bloqueio econômico imposto há cinco décadas pelo imperialismo norte-americano que tantas perdas humanas e materiais já causaram ao país, ao mesmo tempo em que manifestaram suas decepções com a incapacidade da administração de Barack Obama em revertê-lo.

João Capiberibe também disse que defende a intensificação das relações bilaterais entre Cuba e Brasil, ampliando a coordenação política, a cooperação econômica e os intercâmbios científicos, culturais e sociais.

A deputada Janete Capiberibe manifestou sua determinação, em nome de todos seus militantes, de lutar junto com o povo cubano pela libertação dos cinco heróis cubanos presos nos Estados Unidos. “Trata-se, antes de qualquer coisa, de uma causa humanitária, que deve ser abraçada pelos povos do mundo como  sendo sua”, completou.

O representante cubano no seminário, Raciel Rodriguez opinou à plenária para a escolha dos membros do comitê e solicitou aos presentes a escolha dos nomes de Luiz Pingarilho para presidente e João Alberto Capiberibe para presidente de honra, do que foi concordado. Daí foram escolhidos os demais dirigentes do comitê, assim determinados: 1º vice-presidente, Nilza Amaral; 2º vice-presidente, Renato Amanajás Ataíde; secretário executivo, Wanderley Gomes da Silva e secretário de finanças, Domingos de Souza Dias.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s