Cebrapaz condena preparação da agressão imperialista e solidariza-se com povo sírio

Em defesa da Paz, contra a agressão imperialista à Síria

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) condena com toda veemência os preparativos e as ameaças dos Estados Unidos e de seus aliados da OTAN para atacar a Síria.

Apoiando-se no mesmo pretexto utilizado para invadir o Iraque em 2003, o imperialismo estadunidense, o Reino Unido, a França, o regime sionista israelense, as monarquias reacionárias do Oriente Médio e a Turquia dão claros sinais de estarem na iminência de violar o Direito Internacional, agindo à revelia do próprio Conselho de Segurança da ONU para cometerem outro crime contra uma nação soberana e seu povo.

Desde março de 2011, a Síria está sob ataque de bandos armados de mercenários estrangeiros a soldo das potências imperialistas e seus aliados regionais. A ação desses bandos gerou o caos e fomenta a divisão nacional. São grupos terroristas que realizam violentos atentados contra civis. O poderio midiático dos agressores inverte a lógica dos fatos e a autoria de tais crimes é sempre atribuída ao governo sírio, mesmo com inumeráveis denúncias que provam o contrário.

Por trás desta ofensiva contra a Síria está o plano para redesenhar o mapa político Oriente Médio, tendo como próximo alvo o Irã, país que se encontra sob ameaça dos mesmos agressores da Síria.

Com relação ao ataque com armas químicas, há fortes indícios de ter sido realizado pelos mercenários para justificar uma intervenção estrangeira. Gozando do apoio de mais de 70% da população, segundo dados da própria Otan, e em nítida vantagem militar, este ataque não faria o menor sentido do ponto-de-vista do governo. Tudo leva a crer se tratar de uma grosseira montagem para justificar uma agressão externa direta.

A intervenção militar externa na Síria seria um crime. A Síria faz parte da resistência e da coalizão de forças anti-imperialistas na região do Oriente Médio, apoia o povo palestino na sua luta contra a ocupação sionista. O povo sírio, apesar da tragédia que o acometeu ao longo dos últimos dois anos e meio, mostra-se disposto a defender sua soberania.

O Cebrapaz denuncia mais este crime cometido pelos Estados Unidos, que se colocam na condição de polícia do mundo, utilizando-se para isto da máquina de guerra da Otan e seus aliados fantoches, com a finalidade de impor seu projeto imperialista na região.

Condenamos os preparativos e as ameaças de guerra de agressão contra a Síria e conclamamos o povo brasileiro a sair às ruas em solidariedade ao povo sírio.

Socorro Gomes
Presidenta do Cebrapaz
São Paulo,  27 de agosto de 2013

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s