Pacifistas cubanos condenam agressões contra Gaza nos 65 anos do MovPaz

As agressões de Israel contra o povo palestino e o apoio dos Estados Unidos aos atos criminosos foram condenados pelo presidente do Movimento Cubano pela Paz e a Soberania dos Povos (MovPaz), Silvio Platero Irola, no aniversário de 65 anos da entidade, em 7 de agosto.

“Washington mantém seu apoio a Israel em seu criminoso ataque contra o povo palestino na Faixa de Gaza, que custou já quase duas mil vidas, principalmente entre idosos, mulheres e crianças,” disse Platero Irola, durante o ato central nas comemorações de 65 anos do MovPaz, realizado no teatro do hospital Calixto García.

Na presença de fundadores da instituição pacifista cubana, no mesmo local onde foi fundado o MovPaz, em 1949, o presidente do centro e também acadêmico recordou que a Casa Branca tem sido promotora de uma cadeia de movimentos desestabilizadores que sacudiu muitas nações árabes, como a Líbia, o Líbano, a Síria e outros.

Irola referiu-se ainda à contribuição da Comunidade de Estados Latino-Americanos e Caribenhos (CELAC) ao antibelicismo mundial, com a declaração da região enquanto Zona de Paz, durante a II Cúpula do mecanismo em Havana, em janeiro deste ano.

Em nome dos fundadores do MovPaz, o doutor Helenio Ferrer García recordou que a entidade pacifista tem mantido sua pujança e combatividade durante os 65 anos transcorridos e homenageou aqueles que, em 1949, durante o Congresso pela Paz e a Democracia, fundaram a instituição.

O doutor Carlos Alberto Martínez Blanco, diretor do hospital Calixto García, referiu-se à honra que, para o centro assistencial e docente, significa ter sido sede de um evento de tal transcendência para a vida e o prestígio de Cuba.

Uma moeda comemorativa pelo aniversário de 65 anos do MovPaz foi entregue a Fernando González Llort, um dos Cinco Heróis antiterroristas cubanos e atual vice-presidente do Instituto Cubano de Amizade com os Povos (ICAP).

O engenheiro José Altshuler, presidente da Sociedade Cu¬bana da Ciência e da Tecnologia, a doutora Elsa Gutiérrez y Abelardo Adán García, de 93 anos e ex-dirigente da Juventude Socialista, também foram presenteados com a moeda.

Socorro Gomes, presidenta do Conselho Mundial da Paz, enviou uma mensagem – lida durante o ato – na qual, em nome desta entidade internacional, reconhece a “influência e combatividade de uma instituição ainda mais antiga que a nossa”.

Presentes na cerimônia estiveram Jorge Risquet Valdés, membro do Comitê Central do Partido Comunista de Cuba, Oscar Martínez Cordovés, vice-chefe do Depar¬tamento de Relações Internacionais do Partido, e Kenia Serrano Puig, presidenta do ICAP.

Fonte: Granma
Traduzido pelo Cebrapaz 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s