Cebrapaz convida para o debate “Ofensivas israelenses contra a Palestina ocupada e a solidariedade na América Latina”

No contexto do aniversário das grandes ofensivas israelenses contra a Palestina ocupada, o núcleo de São Paulo do Cebrapaz convida para o segundo debate de um ciclo inaugurado em 22 de julho. Na mesa “Ofensivas israelenses contra a Palestina ocupada e a solidariedade na América Latina“, marcada para 11 de agosto, Jadallah Safa (Comitê da Palestina Democrática), o Dr. Abdel Latif, Hassan Rabee e a mestranda Luciana Garcia abordarão o contexto da violência israelense contra os palestinos, o histórico que culminou na atual intensificação dos confrontos e no enraizamento da ocupação, e as ofensivas de 2014, contra a Cisjordânia e a Faixa de Gaza, que resultaram em quase 2.300 palestinos mortos.

Safa abordará a situação dos mais de seis mil prisioneiros palestinos em cárceres israelenses como um tópico central na luta palestina pela libertação. As prisões arbitrárias (denominadas “detenções administrativas” e baseadas em legislação que data ainda da colonização britânica, finda na década de 1940) e a tortura no cárcere, em que dezenas de palestinos fazem greve de fome, são apenas exemplos das condições enfrentadas por militantes, seus parentes, civis, parlamentares, mulheres e até crianças. 

O Dr. Latif, um médico palestino-brasileiro estudioso da causa do seu povo, abordará o contexto histórico da ocupação e a situação das expansivas colônias ilegais israelenses em territórios palestinos. As mais de 120 colônias, em que habitam mais de 600 mil israelenses em violação do direito internacional humanitário (devido à expropriação de terras palestinas, a expulsão e a transferência arbitrária de população) são reconhecidas também como centrais na manutenção da ocupação israelense sobre a Palestina. Além disso, episódios de extrema brutalidade, como os ataques frequentes de colonos contra os palestinos, estão diretamente ligados a essa política, avançada pelo governo do premiê israelense Benjamin Netanyahu. 

Hassan Rabee, um jovem palestino de Khan Younis (Faixa de Gaza), que mora no Brasil há quase dois anos, falará da última ofensiva israelense, entre 8 de julho e 26 de agosto de 2014, em que cerca de 2.200 palestinos foram mortos (maioritariamente civis, inclusive 551 crianças). Rabee deve focar na perseguição aos jornalistas que trabalhavam na cobertura da ofensiva. Ao menos 17 foram mortos, o que também é uma violação do direito internacional humanitário. 

Luciana Garcia de Oliveira, mestranda do Programa de Estudos Árabes e Judaicos do Departamento de Letras Orientais da Universidade de São Paulo (DLO-USP), abordará a crescente solidariedade à causa palestina na América Latina, com um histórico sobre as manifestações solidárias e a criação de duas grandes associações da diáspora palestina no Brasil, a Federação Árabe Palestina do Brasil (FEPAL) e a Associação Cultural Sanaúd.

Neste contexto de crescente pressão contra a ocupação israelense da Palestina e a enraizada impunidade pelos crimes cometidos pelo regime sionista, a causa palestina fortalece-se no âmbito internacional. Associações como as mencionadas, além de movimentos sociais como centrais sindicais e outros comitês, além do próprio Cebrapaz, demandam maior envolvimento brasileiro na luta internacional pela libertação da Palestina e pelo fim da impunidade israelense. 

Leia aqui sobre o debate inaugural, com o Embaixador da Palestina Ibrahim Alzeben, o professor da Universidade Islâmica de Gaza, Refaat Alareer e a cientista política Moara Crivelente, do Cebrapaz. 

SERVIÇO

Data: 11 de agosto (terça-feira) | Horário: 18h00

Local: Sintaema (Av. Tiradentes, 1323 – Pte. Pequena, São Paulo | Ao lado da estação de metrô Armênia)

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s