Delegação do Conselho Mundial da Paz visita campo de refugiados na Grécia

Membros do Conselho Mundial da Paz visitaram o campo de refugiados de Skaramaga, em um subúrbio da capital grega, Atenas, em 31 de maio, após a reunião do Secretariado do CMP. Na visita, a delegação composta pela presidenta Socorro Gomes, por Henry Lowendorf (Conselho da Paz dos EUA), Aqel Taqaz (Comitê Palestino pela Paz e a Solidariedade) e Chris Matlhako (Iniciativa de Paz Sul-Africana), foi acompanhada pelo Secretariado do Comitê Grego pela Paz e a Distensão Internacional, pelos vice-prefeitos do município de Haidari (onde fica o campo), Nikos Karagiannis e Dauaher Nauaf, e pelo líder da Câmara Municipal, Vasilis Pantelaros. As três mil pessoas abrigadas em Skaramaga são principalmente da Síria, do Iraque e do Afeganistão.

Desde janeiro até o início de maio de 2016, em menos de um semestre, a Organização Internacional para Migração já contabilizava quase 190 mil pessoas chegando à Europa, principalmente pela Grécia e pela Itália, em travessias marítimas precárias. Na Grécia está o maior número de pessoas impedidas de continuar suas viagens: mais de 54 mil, no início de maio.

skaramaga2

Após a visita, Socorro Gomes comentou a situação das pessoas que têm buscado refúgio na Europa, escapando da brutalidade em que os seus países foram mergulhados: trata-se de “uma tragédia humanitária advinda de enormes crimes contra a humanidade, praticados pelas potências que contam com máquinas de guerra como a Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN)”.

skaramaga4

skaramaga3

Socorro enfatizou: “Os responsáveis pelo dantesco sofrimento dos refugiados são os mesmos responsáveis pela matança do povo sírio, afegão, líbio, entre outros: as potências imperialistas da Europa, capitaneadas pelos Estados Unidos, que pagam, apoiam e mantêm os grupos terroristas com o único objetivo de domínio e saque dos recursos energéticos dos povos do mundo.”

skaramaga6

skaramaga5

“O Conselho Mundial da Paz, que tem como princípio a solidariedade e a união dos povos, tem como lema de sua Assembleia, neste ano, o fortalecimento da solidariedade dos povos na luta pela paz, contra o imperialismo. O que vimos impõe a absoluta necessidade da eliminação das causas que lançam milhões de seres humanos a vagar sem destino algum, a maioria, crianças: a ingerência, as agressões, as guerras imperialistas contra os povos e países.”

Leia aqui sobre a reunião do Secretariado em Atenas (com a íntegra do discurso de Socorro), sobre as campanhas do CMP e sobre a Assembleia, que acontecerá em novembro, no Brasil.

Fotos: Georgios Malliotis

Cebrapaz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s