Fidel, defensor da paz mundial e da solidariedade entre os povos

Comemorar o 90º aniversário do líder histórico da Revolução cubana, Fidel Castro, é celebrar a generosidade, a solidariedade, o inernacionalismo, a valentia e a dignidade. Fidel é o maior líder mundial de nossa época.

Por Socorro Gomes*

Fidel Castro é um líder político que amalgamou às estratégias do Estado cubano princípios de solidariedade para com e entre todos os povos do mundo. A política externa de Cuba é assentada em princípios que fortalecem a paz, a cooperação e a amizade, colocando o povo e suas necessidades mais essenciais, humanas e justas como prioridades.

Os povos vítimas das agressões imperialistas dos Estados Unidos e das potências europeias sempre encontraram no Comandante Fidel e no seu povo ações de solidariedade ativa, inclusive na luta pela integração da nossa América. Inspirado por José Martí, grande herói da independência cubana e da luta transformadora, Fidel Castro é pessoalmente desassombrado, sustenta posição e princípios dignos e estará sempre também entre os heróis dos povos.

Sua vida é a defesa constante dos mais nobres valores da humanidade na construção de uma nova civilização, superando uma lógica de opressão, exploração e de guerras.

A luta contra as armas de destruição em massa também é sua, em denúncia das crescentes ameaças de uma guerra generalizada e de um possível “inverno nuclear” causado pelo emprego dessas ferramentas de destruição e morte. Para Fidel e para os movimentos da paz, a única forma de evitar a catástrofe é eliminando as armas nucleares de uma vez por todas – esta é mais uma frente de luta em que nos somamos ao Comandante. “Já é hora de o mundo pensar mais uma vez nos perigos das armas nucleares, e que desta vez adote o caminho rumo à paz”, escreveu ele em uma Reflexão de 2010.

Fidel é um verdadeiro exemplo da luta pela paz no mundo, do fortalecimento da solidariedade internacionalista, da cooperação e da amizade entre as nações, que se levantam altivas, em defesa de suas soberanias e em brava resistência ao jugo imperialista.

Na América Latina e no Caribe, a luta por uma integração soberana e de amizade, para um progresso comum que tenha os trabalhadores, os camponeses, os jovens, as mulheres, os negros e indígenas, enfim, todas as camadas populares historicamente exploradas ou excluídas no centro das preocupações, é inspirada na Revolução Cubana, o sendeiro erguido por Fidel e seus camaradas.

Os movimentos da paz de todo o mundo têm a honra de poder contar com a sabedoria do comandante revolucionário, de ideário sempre lúcido, contundente e de uma justeza incomparável, expressados em seus discursos, seus textos e suas práticas.

Fidel Castro formou gerações de amantes da justiça e da paz, com seu exemplo de grandeza de alma e firmeza de convicções. É um humanista revolucionário, um socialista convicto e determinado, na luta constante e abdnegada contra a opressão, pela soberania popular e a amizade entre os povos.

*Socorro Gomes é presidenta do Conselho Mundial da Paz e do Cebrapaz

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s