Marco Aurélio Garcia deixa valioso legado

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) expressa seu profundo pesar pela morte de Marco Aurélio Garcia.

Marco Aurélio Garcia dedicou sua vida à luta pela democracia e justiça social. Intelectual que uniu reflexão e ação, foi vice-presidente da UNE nos anos 1960. Exilado pela ditadura militar, volta ao país em 1979 e ajuda a fundar o PT. Como conselheiro de relações internacionais de Lula e Dilma, teve participação decisiva na formatação de uma política externa soberana, que privilegiou a integração latino-americana, as relações Sul-Sul, promovendo o fortalecimento ou criação de instrumentos multilaterais como o Mercosul, a Unasul, Brics, etc.

Marco Aurélio Garcia sempre foi um anti-imperialista, intransigente defensor do respeito à autodeterminação dos povos, à soberania nacional e da solução pacífica das controvérsias e disputas entre as nações.

Lúcido e arguto em suas análises, nos deixa um legado de contribuições valiosas ao pensamento da esquerda e aos trabalhadores aos quais dedicou sua vida.

Aos familiares, amigos e companheiros de luta de Marco Aurélio Garcia, expressamos nossa solidariedade neste momento de dor.

Viva a memória de Marco Aurélio Garcia!

Antônio Barreto – Presidente do Cebrapaz
Salvador, 21 de julho de 2017