Categoria: Resistência

Observadores brasileiros: “vitória da democracia na Venezuela”

Em 21 de novembro ocorreram as “mega eleições” regionais e municipais na Venezuela, as de número 29, das realizadas nos últimos 20 anos. Entre diversos cargos em disputa, foram eleitos governadores, alcaides (prefeitos) e outros cargos públicos. Observadores de diversas regiões do mundo participaram, convidados tanto pelo Partido Socialista Unido de Venezuela (PSUV), do presidente Nicolás Maduro, quanto pela Comissão Nacional Eleitoral.

Com relato e imagens de Igor Gonçalves, de Caracas

Continue lendo “Observadores brasileiros: “vitória da democracia na Venezuela””

Cebrapaz: Reforçar a solidariedade a Cuba diante das provocações do imperialismo

Os Estados Unidos da América, operando em Havana através de sua Embaixada (e desta forma violando as leis internacionais) preparam, no próximo dia 15 de novembro, com auxílio de mercenários locais, um grande ato contrarrevolucionário, de caráter nacional, que busca manipular as dificuldades causadas pelo implacável bloqueio promovido pelo imperialismo, para beneficiar os planos do próprio imperialismo, na tentativa de desgastar a revolução cubana.

Continue lendo “Cebrapaz: Reforçar a solidariedade a Cuba diante das provocações do imperialismo”

Cebrapaz repudia medida de Israel taxando de terroristas seis entidades palestinas

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (CEBRAPAZ), parte do movimento mundial de solidariedade com o povo palestino, junta-se às incontáveis manifestações de repúdio à mais recente arbitrariedade do governo de Israel, que decidiu taxar como “organizações terroristas” seis organizações palestinas de defesa dos direitos humanos.

Continue lendo “Cebrapaz repudia medida de Israel taxando de terroristas seis entidades palestinas”

Nos 39 anos dos massacres em Sabra e Shatila, palestinos mantêm viva a história da resistência


Em uma visita à casa da senhora Metta Moustafa em Shatila, o super-lotado campo de refugiados palestinos em Beirute, no Líbano, a família, hoje reduzida à mãe e à filha, Aida, contava os sucessivos massacres a que ambas sobreviveram. O começo é a Nakba, a Catástrofe palestina, quando Metta, ainda pequena, foi obrigada a fugir das milícias sionistas arrasando vilas inteiras, em 1948, rumo ao sul do Líbano com a família, carregando quase nada, para não voltar. Naquela, como em tantas outras casas palestinas, a memória salta de um massacre a outro, e são os de Tal al-Zaatar, de 1976, e o de Sabra e Shatila, de 16-18 de setembro de 1982, os que marcaram a vida em refúgio.

Por Moara Crivelente*

Vitrine de recordações da Palestina em Shatila. Foto: Moara Crivelente.
Continue lendo “Nos 39 anos dos massacres em Sabra e Shatila, palestinos mantêm viva a história da resistência”