“Máquina de guerra”: Conselho Mundial da Paz promove ações contra a OTAN

Como em anos anteriores, o Conselho Mundial da Paz (CMP), composto por entidades de cerca de 100 países, convoca membros e amigos a realizar ações de denúncia da Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), por ocasião do seu 70º aniversário, em 4 de abril. O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz), membro do CMP, apoia a convocatória.

O CMP também promove ações realizadas por seu membro estadunidense, o Conselho da Paz dos EUA, e demais entidades nacionais, que organizam protestos e conferências em Washington, capital do país e local da cúpula de aniversário da OTAN.

A organização de paz, que também completa 70 anos, tem se oposto ao bloco imperialista desde a sua fundação, posicionando-se a cada ofensiva liderada pela OTAN e demandando a sua dissolução como um instrumento anacrônico que só serve à guerra, ao expólio e à opressão dos povos.

Embora já exercida através dos seus estados membros com bases militares na região, o bloco estende oficialmente sua presença à América Latina, tendo estabelecido parceria formal com a Colômbia, a primeira do gênero. Tal projeção foi denunciada pelo Cebrapaz em uma das ações realizadas pelo CMP em anos recentes, com protestos e uma conferência em Bruxelas, em 2017.

Leia a seguir a convocatória do CMP:

cmpOtan campanha

ANÚNCIO DO CMP SOBRE AÇÕES ANTI-OTAN

A Organização do Tratado do Atlântico Norte (OTAN), o maior maquinário de guerra da história da humanidade, está “celebrando” seu 70º aniversário com uma cúpula em Washington D.C., em 4 de abril de 2019. O Conselho Mundial da Paz (CMP) opôs-se à OTAN desde seus dias de fundação como o braço armado do imperialismo. A história da OTAN, cheia de crimes, guerras e agressões, prova-nos bem.

Desde 2010, o CMP vem realizando sua campanha “SIM à Paz – NÃO à OTAN”, com eventos de massa em todo o mundo. Nós exigimos a dissolução da OTAN e apoiamos a luta dos povos em cada Estado membro pelo sua retirada da mesma.

Opomo-nos às políticas de campanha de guerra e às agressões levadas a cabo pela OTAN na Iugoslávia, Afeganistão, Iraque, Líbia, Síria, Iêmen, etc., e denunciamos os governos dos EUA e todos os Estados da OTAN que agiram juntos e unanimemente contra os povos do mundo. Além disso, denunciamos as ações políticas e militares da OTAN, de mãos dadas com a União Europeia, que está criando o seu exército enquanto intervém sozinha ou em conjunto com a OTAN em muitas missões no exterior.

O Conselho Mundial da Paz apela a todos os membros e amigos a organizarem, na data de 4 de Abril de 2019, protestos, atos públicos e outros eventos no maior número possível de países, sublinhando a oposição ao mecanismo agressivo da OTAN, que é o inimigo da paz e dos povos.

O CMP apoia e endossa as ações planejadas pelo Conselho de Paz dos EUA (USPC) e pela Coalizão Unida Anti-Guerra (UNAC) e numerosas outras organizações de paz nos EUA em 30 de março de 2019, por uma Mobilização Nacional de Massa em Washington, DC , Lafayette Park (em frente à Casa Branca) às 13h00 ( o respectivo convite pode ser encontrado aqui ou aqui)

O Conselho Mundial da Paz realizará uma Conferência Anti-OTAN no dia 31 de março de 2019, das 15 às 19 horas, na Igreja Episcopal de Santo Estêvão Newton St., NW, Washington DC. 200010. Convocamos todos os membros e amigos do CMP a apoiar e participar desta conferência organizada em conjunto com o USPC e a UNAC.

Para maiores detalhes, pedimos que se comunique com o CMP (wpc@otenet.gr) e com o USPC (uspc@uspeacecouncil.org). Caso aqueles que pretendam participar dos eventos precisem de visto nos EUA, convites personalizados podem ser enviados pelo USPC. O apoio técnico para questões de acomodação pode ser solicitado da mesma forma.

Abaixo o imperialismo! Sim à paz – Não à OTAN!

Secretaria do CMP
22 de janeiro de 2019