Tag: Reino Unido

Contra a agressão imperialista, defender a Síria é defender a humanidade!

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) repudia o criminoso ataque dos EUA, França e Reino Unido contra a República Árabe da Síria, perpetrado na manhã deste sábado, 14 (noite, no horário brasileiro, desta sexta-feira, 13).

Continue lendo “Contra a agressão imperialista, defender a Síria é defender a humanidade!”

Conselho Mundial da Paz: Nota de repúdio à agressão imperialista contra a Síria

O Conselho Mundial da Paz denuncia veementemente o ataque criminoso desta manhã (14 de abril) pelos imperialistas EUA, Grã Bretanha e França contra a Síria.

Imagem relacionada
Manifestantes opõem-se aos ataques contra a Síria e instam à unidade contra o racismo, o terrorismo e a guerra em Londres, 2015.

Continue lendo “Conselho Mundial da Paz: Nota de repúdio à agressão imperialista contra a Síria”

No refúgio, palestinos resistem às consequências da promessa colonial britânica

Em 1917, o chanceler britânico selou o destino do povo palestino para o século. Talvez Lorde Arthur Balfour não previsse a dimensão das consequências ao prometer a Palestina ao movimento sionista. Mas o centenário é comemorado pela liderança britânica e israelense nesta quinta-feira (2) e denunciada por um povo sob ocupação ou refúgio que ainda resiste às consequências, em luta por libertação também no exílio e nos campos de refugiados.

Por Moara Crivelente, de Beirute

Chatila - Retorno - MoaraCrivelente
Lembranças em uma loja em Chatila. Foto: Moara Crivelente

Continue lendo “No refúgio, palestinos resistem às consequências da promessa colonial britânica”

Comitê parlamentar britânico admite que a guerra contra a Líbia foi movida a mentiras e detalha os papeis na agressão

Após o relatório sobre a conduta execrável do então primeiro-ministro britânico Tony Blair durante a invasão do Iraque, em 2003, o Reino Unido confronta-se agora com um novo documento, publicado em 14 de setembro de 2016. O texto detalha como a guerra contra a Líbia, em 2011, promovida pela Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan), foi movida a mentiras. Outra conclusão óbvia, que ecoa denúncias da mídia alternativa e dos movimentos anti-imperialistas, é a de que o então presidente Muammar Kaddafi não planejava um massacre, como alegou-se então, e que a situação na Líbia só piorou desde a sua derrubada e execução.

Continue lendo “Comitê parlamentar britânico admite que a guerra contra a Líbia foi movida a mentiras e detalha os papeis na agressão”