Cebrapaz se une aos movimentos sociais em oposição ao golpe de Honduras

Dezenas de representantes de distintos movimentos sociais brasileiros de reuniram nesta sexta feira na frente do consulado de Honduras em São Paulo. O objetivo do ato era o de se solidarizar com o povo hondurenho e apoiar o retorno incondicional do presidente Manuel Zelaya ÀS suas funções.

Ao fazer uso da palavra, Socorro Gomes, presidente do Cebrapaz – Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz, fez uma dura condena ao golpe militar orquestrado pelas oligarquias hondurenhas. Para Socorro, não é possível admitir que em pleno século XXI ocorra um golpe como este. Isto nos lembra os nefastos anos de ditadura militar que vivemos em nossa região, os povos do nosso continente já não admitem mais este tipo de agressão.

Para a presidente do Cebrapaz, o único "crime" que Zelaya cometeu foi o de fazer com que os anseios de seu povo fossem ouvidos e abrir caminho para uma Honduras mais justa e soberana.

Socorro adverte," que será de responsabilidade destes senhores a existência de algum tipo de derramamento de sangue neste sábado, quando está prevista a chegada de Zelaya a Tegucigalpa, para ser restituído ÀS suas funções. A opinião pública mundial está acompanhando atentamente os desdobramentos do que vem acontecendo em Honduras, os golpistas terão que responder à justiça, às cortes internacionais. O povo hondurenho está mobilizado para receber ao seu presidente e tem respaldo mundial." O Cebrapaz traz sua irrestrita e militante solidariedade ao Povo hondurenho, e ao Presidente Manuel Zelaya.

Solidariedade com os povos em luta
Manifestação como esta tem acontecido em varias partes do mundo, fortalecendo a corrente de solidariedade ao povo hondurenho, que mesmo sob toque de recolher, resiste nas ruas exigindo o retorno do presidente legitimamente eleito.

O principio da solidariedade aos povos em luta é um dos eixos de debate dentro da 2ª Assembléia Nacional do Cebrapaz, que acontecerá no final do mês de julho, na cidade do Rio de Janeiro.

Os encontros preparatórios para a Assembléia do Cebrapaz tem sido um palco de repudio ao golpe em Honduras e cenários de articulação para ações de rua, como a que aconteceu neste último dia 02 de julho na Bahia, quando o núcleo do Cebrapaz participou das comemorações pelo dia da independência da Bahia com cartazes e faixas condenando o golpe militar em Honduras.

Nesta sexta feira acontecem encontros em Curitiba, Paraná e Ribeirão Preto no interior de São Paulo, onde a denuncia e o repudio aos sucessos de Honduras irão ocupar espaço. No último dia 01 de Julho foi iniciada a jornada de encontros preparatórios com a realização do debate em Porto Alegre no plenário da Assembléia Legislativa do Estado contando com a participação de 100 pessoas.

——————————-
*Diretor do Cebrapaz

 

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s