Cebrapaz e outras entidades convocam ato contra a agressão imperialista ao povo líbio

O Cebrapaz – ao lado de outras entidades antiimperialistas e movimentos sociais – convoca para esta quarta-feira, em São Paulo, um ato público em repúdio à agressão imperialista contra o povo líbio.

Desde o dia 19 de março, mais um país árabe encontra-se sob ataque de uma coalizão imperialista, liderada pelos Estados Unidos e da qual participam a França e a Inglaterra. Os países imperialistas mais uma vez instrumentalizam a ONU pata atacar o povo líbio, que vem sendo massacrado pelo ar e pelo mar. Centenas de civis já foram mortos. É o terceiro país muçulmano agredido nos últimos dez anos (Iraque, Afeganistão e agora Líbia).

Os pesados bombardeios são feitos com o falso argumento de proteção dos civis líbios. Se os EUA, a França e a coalizão que ataca a Líbia estivessem mesmo preocupados em proteger civis árabes de ataques teriam protestado contra o massacre perpetrado pelos governos do Bahrein e do Iêmen, seus aliados, contra seus povos. Se fosse sincera a sua preocupação com direitos humanos, teriam aprovado sanções contra o governo fascista de Israel que massacra o povo palestino.

Os ataques militares contra o povo líbio são uma violação do princípio da soberania e da autodeterminação dos povos, e seus reais objetivos são controlar todo o petróleo árabe e continuar com o domínio imperialista de todo o Oriente Médio e do Norte da África, região estratégica do planeta. Não temos dúvida alguma: essa é mais uma guerra imperialista que precisa ser barrada pelos povos.

Nesse sentido, o Cebrapaz e as demais entidades convocam para o:

Ato Público – Concentração no dia 23 de Março de 2011, quarta-feira, a partir das 18h no vão livre do MASP (Avenida Paulista nº 1.578).

Fora imperialismo da Líbia e do Oriente Médio!
Pela Autonomia e Autodeterminação do Povo Líbio!
Defesa da Soberania e da Integridade Territorial da Líbia!
Solidariedade aos Árabes, em especial da Líbia, Bahrein e Iêmen!
Total solidariedade ao Povo Palestino! Pelo seu Estado Já!

Deixe uma resposta