CMP lança campanhas contra militarismo

Secretariado do Conselho Mundial da Paz, reunido em Portugal, lança campanhas:

Contra o militarismo e a guerra – por um mundo de Paz

O Conselho Português para a Paz e Cooperação sublinha a importância que assumiram as reuniões do Secretariado e da Região Europa do Conselho Mundial da Paz, realizadas entre 31 de maio e 2 de junho de 2013, em Seixal, que representaram um assinalável contributo para o reforço do movimento da Paz.

O reforço do movimento da Paz é essencial para travar o passo à escalada de agressões e guerras de ocupação, às crescentes chantagens, pressões e ingerências sobre países e povos e a uma nova e perigosa corrida aos armamentos, atualmente em curso.

O reforço do movimento da Paz, antes como agora, continua a ser fundamental para promover os valores da solidariedade, da amizade, da cooperação, da soberania e da Paz no mundo.

Estas reuniões do Conselho Mundial da Paz ficam marcadas por um intenso debate sobre a situação internacional, tendo sido sublinhadas, entre outras questões, as preocupações e críticas ao apoio dado por diversos países europeus e pelos Estados Unidos da América àqueles que pretendem desestabilizar e destruir a Síria – de que o levantamento do embargo de venda de armas à chamada «oposição» por parte da União Europeia é exemplo –. Síria que é um firme opositor, na região, aos objetivo de controlo do Médio Oriente por parte das grandes potências ocidentais e regionais, numa operação de grande fôlego, que visa o Irão.

Os intervenientes denunciaram a crescente agressividade da Otan, que procura intervir à escala mundial, onde os interesses das grandes potências ocidentais, designadamente, dos EUA, estejam em causa, tendo sido reafirmada a urgência da sua dissolução.

Foi sublinhada a importância do desarmamento geral, simultâneo e controlado de todos os arsenais nucleares e de outras armas de destruição massiva, para a segurança e a Paz mundiais.

Os participantes apontaram a necessidade do fim das bases militares estrangeiras que, da América Latina à Ásia, passando por África e Europa, servem de pontos de apoio à militarização das relações internacionais, à ingerência, à chantagem e à agressão. Bases militares estrangeiras que são utilizadas como instrumentos de suporte ao saque de recursos naturais, pondo em causa a soberania de povos e países.

Foi reafirmada a solidariedade aos povos da Palestina, do Saara Ocidental, da Síria, da Turquia, de Cuba e da Venezuela, que resistem contra a opressão colonialista ou levam a cabo decisivos combates pelo progresso social e a independência nacional, como também pela Paz.

O Secretariado do Conselho Mundial da Paz salientou a atualidade dos princípios da Carta das Nações Unidas, constantemente postos em causa pelas grandes potências ocidentais, particularmente os EUA e a União Europeia – que se apresenta como o pilar europeu da NATO –, como: a resolução pacífica dos conflitos internacionais, a não agressão, o dissipamento das relações internacionais, o respeito pela soberania dos povos e a integridade territorial dos Estados ou o desarmamento geral, simultâneo e controlado.

Nas iniciativas deste fim de semana ficou expressa a solidariedade com as manifestações populares na Turquia e a veemente condenação da violenta repressão de que têm sido alvo por parte do Governo turco.

Tal como ficou expressa a solidariedade aos trabalhadores e populações em luta contra as políticas impostas por memorandos que são autênticos pactos de agressão aos povos de diversos países da União Europeia.

Para além do balanço feito às múltiplas e importantes atividades realizadas nos últimos meses pelas organizações-membro do Conselho Mundial da Paz, e da apreciação de questões relacionadas com a continuação do reforço da sua organização e acção, o Secretariado do Conselho Mundial da Paz reafirmou as posições assumidas na última Assembleia Mundial da Paz, realizada em Julho do ano passado no Nepal, designadamente no que respeita à necessidade de reforçar a luta anti-imperialista, contra o militarismo e a guerra, por um mundo de paz e soberania.

Entre outras ações, foi decidido desenvolver as seguintes campanhas:

– «Contra o militarismo e a guerra – por um mundo de Paz», dando especial atenção à luta contra a Otan – campanha a culminar num conjunto de iniciativas, em diversos países, em torno do 4 de Abril de 2014 (aniversário de criação desse bloco político-militar agressivo), com destaque para uma ação junto da sua sede, em Bruxelas;

– Solidariedade com a Síria, contra a agressão externa a este país e contra a escalada de sanções e ameaças ao Irão;

– Assinalar, em 2014, os 100 anos do início da Primeira Guerra Mundial.

O Secretariado do CMP destacou ainda a importância que assume o III Seminário da Paz, pela abolição das bases militares estrangeiras, a realizar em Guantánamo, Cuba, entre 18 e 20 de Novembro. Trata-se de uma iniciativa do Movimento Cubano pela Paz, membro do CMP.

A próxima reunião do Executivo do Conselho Mundial da Paz deverá ter lugar na América Latina.

Participaram na reunião do Secretariado do Conselho Mundial da Paz, enquanto membros ou observadores, as seguintes organizações:

Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz; Comitê Grego para a Paz e o Desanuviamento Internacional; Conselho Português para a Paz e Cooperação; Movimento Cubano para a Paz e Soberania dos Povos; Conselho da Paz dos Estados Unidos; Comitê de Solidariedade Internacional (Venezuela); Comitê da Paz do Congo; Associação para a Defesa da Paz, Solidariedade e Democracia (Irão); Conselho da Paz e Solidariedade do Nepal; Comitê Palestino para a Paz e a Solidariedade; Conselho da Paz Alemão; Ação Internacional de Libertação (Bélgica); Conselho da Paz de Chipre; Conselho da Paz Dinamarquês; Conselho Espanhol em Defesa da Solidariedade e da Paz; Comitê da Paz Finlandês; Aliança para a Paz e a Neutralidade (Irlanda); Comitê da Paz da Letônia; Conselho Norueguês da Paz; Associação de Paz da Turquia.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s