Conselho Mundial da Paz saúda o povo cubano pelo retorno dos seus cinco heróis a Cuba

A presidência do Conselho Mundial da Paz enviou uma carta à Embaixada de Cuba no Brasil, após receber a notícia, nesta quarta-feira (17), sobre o retorno dos três patriotas cubanos que ainda estavam encarcerados nos Estados Unidos. Movimentos sociais e organizações de todo o mundo empenharam-se, ao longo dos 16 anos de prisão dos cubanos anti-terroristas nos EUA, por sua libertação. A denúncia reiterada do caráter político assentado na ingerência imperialista contra Cuba foi uma constante nas ações dessas entidades solidárias ao povo cubano. Leia a seguir a nota do CMP, enviada à Embaixada cubana em Brasília.

Estimada Embaixadora da República de Cuba Maria Helena Ruiz Capote:

O Conselho Mundial da Paz recebe com regozijo triunfante a notícia, desde a ilha revolucionária de Cuba, de que seus cinco heróis patriotas e antiterroristas voltaram para casa.

Depois de 16 anos afastados de seus lares e sua pátria, encarcerados arbitrária e ilegalmente nos Estados Unidos, a libertação dos restantes três patriotas, Tony, Ramón e Gerardo, coincide com o momento de reavaliação relações entre os Estados Unidos e a maior ilha das Antilhas. O bloqueio comercial, político e econômico exercido pelo imperialismo estadunidense contra Cuba é uma política anacrônica de lógica retrógrada. Evidencia a violação, pelos EUA, do direito dos povos à autodeterminação e à escolha do seu sistema político-econômico.

Sabemos que tanto o embargo criminoso imposto pelos Estados Unidos quanto a detenção ilegal dos cinco antiterroristas tiveram motivos puramente políticos de ingerência direta do imperialismo nos assuntos nacionais do povo cubano. A libertação dos três últimos patriotas presos nos EUA é uma conquista para os movimentos sociais de todo o mundo que estão engajados na solidariedade ao heroico povo cubano nesta grande e justa causa.

Pedimos que transmita ao Estado cubano e ao presidente Raúl Castro a nossa enorme alegria com a notícia do retorno dos cinco patriotas. Reiteramos nossa irrestrita solidariedade ao povo cubano no exercício da sua autodeterminação, em prol da paz e da liberdade, contra as políticas agressivas e retrógradas do imperialismo estadunidense. Esperamos que esta notícia e os compromissos afirmados hoje pelo presidente estadunidense Barack Obama, em diálogo com o presidente Raúl Castro, sejam importantes passos na efetiva normalização das relações de respeito à soberania cubana, pelo fim do bloqueio e da ingerência dos EUA.

A Gerardo, René, Tony, Fernando, e Ramón, nosso mais fraternal abraço e nossa alegria!

Viva o heroico povo cubano!

Socorro Gomes,
Presidente do Conselho Mundial da Paz

17 de dezembro de 2014

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s