Movimentos sociais da Alba realizam ato político pela Venezuela em São Paulo

A Articulação Continental dos Movimentos Sociais da Alternativa Bolivariana para os Povos da Nossa América (Alba) realiza nesta sexta-feira (06/03) um Ato Político Cultural no âmbito da Semana Mundial de Solidariedade com a Revolução Bolivariana. A semana ocorre entre 1º e 8 de março, quando se completam dois anos desde a morte do líder venezuelano e propulsor da integração justa e soberana da América Latina e Caribe, Hugo Chávez. O ato desta sexta acontece em novo local, no auditório do Sindicato dos Professores do Ensino Oficial do Estado de São Paulo (Apeoesp), às 19h00, inclusive com apresentações musicais. 

O momento é de preocupação devido às ameaças de retrocesso impostas pela articulação golpista entre a oligarquia da extrema-direita venezuelana e o imperialismo estadunidense, que já realizaram outras tentativas de golpe mal-sucedidas no passado.

Leia também:
Cebrapaz manifesta apoio ao povo venezuelano contra a ameaça de sanções do imperialismo
Movimentos debatem a Revolução Bolivariana na Jornada Mundial de Solidariedade à Venezuela
Socorro Gomes integra missão de solidariedade ao povo da Venezuela

Na quinta-feira (05/03), a presidenta do Cebrapaz Socorro Gomes participa de um debate realizado no âmbito da Semana Mundial de Solidariedade à Revolução Bolivariana, no sentido de reforçar o apoio dos movimentos sociais a esse processo e ao povo venzuelano na defesa da sua soberania e da democracia. Participam também o professor Igor Fuser, da Universidade Federal do ABC (UFABC) e Breno Altman, jornalista e editor do portal Opera Mundi. O debate acontece às 19h no Barão de Itararé, em São Paulo, com a apresentação do grupo Latinoamericanto.

Scorro Gomes, também presidente do Conselho Mundial da Paz (CMP), acaba de retornar de uma missão de solidariedade ao povo venezuelano organizada pela Federação Mundial da Juventude Democrática (FMJD), com apoio e participação do CMP. Para ela, a unidade do povo venezuelano para enfrentar o golpismo e defender seu processo democrático bolivariano é notável. 

O Cebrapaz denunciou em nota “a continuidade da ingerência estadunidense na Venezuela e sua mais recente ameaça de sanções” e expressou seu “apoio ao povo venezuelano na defesa da sua soberania, contra a orquestração de mais um golpe, inclusive através da aliança com a elite nacional e a extrema-direita antipatriótica.”


 


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s