Cebrapaz homenageia crianças da Palestina marcando um ano da ofensiva israelense com plantio de árvores

O Cebrapaz lançou o ciclo Ocupação e Resistência na Palestina – Um ano da ofensiva israelense em 22 de julho, com debates que abordaram o aniversário das operações militares de Israel contra a Palestina. Em seu encerramento, um ato de homenagem inaugura o plantio de um bosque com 551 árvores, na Cidade Tiradentes, Zona Leste de São Paulo. Leia aqui como foi o evento. 

As crianças foram aproximadamente um quarto das vítimas fatais palestinas da terceira grande ofensiva israelense em cinco anos contra a Faixa de Gaza, entre 8 de julho e 26 de agosto de 2014. Foram 551 crianças mortas durante 51 dias de bombardeios que mataram, no total, 2.251 pessoas, majoritariamente civis, de acordo com o relatório do Conselho de Direitos Humanos das Nações Unidas, divulgado em 23 de junho de 2015.

Como homenagem às crianças palestinas, que não são apenas estatísticas e representam o futuro do povo palestino, o encerramento do ciclo foi um ato para o plantio das 551 mudas de árvores e o lançamento da campanha contra a impunidade israelense, que permite a repetição frequente do massacre e a perpetuidade da ocupação da Palestina. Um marco instalado na entrada informa o nome “Bosque Crianças da Palestina”, com um contexto e os nomes das crianças.

O plantio de 50 mudas foi realizado no dia 25 de agosto às 16h00, no Parque Vila do Rodeio, como ato simbólico inaugural, por alunos da EMEF Senador Luís Carlos Prestes, pelo Embaixador da Palestina Ibrahim Alzeben, pelo subprefeito de Cidade Tiradentes Miguel Reis, pelo secretário municipal de Igualdade Racial Maurício Pestana, pela presidenta do Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz), Socorro Gomes e por outros representantes de movimentos sociais presentes.

palestina

Leia aqui sobre a última mesa do ciclo do Cebrapaz, realizada em 11 de agosto. 

SERVIÇO:

Data: 25 de agosto de 2015 (terça-feira)

Local: Parque do Rodeio (Rua Igarapé da Bela Aurora, 342, Portaria 3 – próximo ao campo) e Biblioteca de Direitos Humanos e Teatro do Centro de Formação Cultural Cidade Tiradentes (Av. Inácio Monteiro, 6900) – Cidade Tiradentes.

Horário do plantio das mudas: 16h00 (Parque Vila do Rodeio) – Veja o mapa aqui

Horário do ato – com falas: 16h40 (Biblioteca de Direitos Humanos)

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s