Frente Brasil Popular reafirma apoio à Revolução Bolivariana na Venezuela contra ingerência e ataques

A Frente Brasil Popular (FBP), da qual o Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) faz parte e que reúne dezenas de organizações do movimento social brasileiro e partidos políticos progressistas, divulgou, nesta quinta-feira (29), uma nota de solidariedade com a Revolução Bolivariana da Venezuela, ante as mais recentes tentativas de intensificação da crise no país. Leia o texto abaixo:

Nota da FBP de respaldo à Revolução Bolivariana e ao governo de Nicolás Maduro

A Venezuela foi alvo na última terça-feira (27 de junho) de ataques armados que atingiram as sedes do Ministério das Relações Interiores, Justiça e Paz e o Tribunal Supremo de Justiça. Esses ataques, com evidente caráter terrorista, constituem graves fatos novos no quadro de uma violenta escalada golpista contra a República Bolivariana da Venezuela.

Desde o início de abril último, setores extremistas da oposição venezuelana, em conluio com o imperialismo estadunidense e governos reacionários da América Latina, entre eles o governo golpista do Brasil, estão empenhadas na execução de um plano golpista para derrocar o governo legítimo do presidente Nicolás Maduro.

As ações violentas já provocaram a morte de mais de 70 pessoas, destruição de instalações de serviços públicos, entre estes hospitais, e casas comerciais.

A extrema direita, a oposição organizada na chamada Mesa de Unidade Democrática (MUD), os meios de comunicação hegemônicos e os governos dos EUA e da direita no continente atuam de forma orquestrada numa guerra midiática e econômica contra o governo democraticamente eleito do presidente Maduro, que adverte para os perigos de uma guerra civil e uma intervenção estrangeira no país.

O imperialismo estadunidense e a extrema-direita venezuelana nunca aceitaram a consolidação do processo revolucionário e o aprofundamento da democracia popular e direta no país. Igualmente, rechaçam as conquistas sociais alcançadas ao longo das duas últimas décadas da Revolução Bolivariana. Ultimamente, decidiram desencadear uma brutal ofensiva reagindo à convocação do diálogo e da Assembleia Nacional Constituinte, caminhos escolhidos pelo governo do presidente Nicolás Maduro para restabelecer a paz, a estabilidade, reforçar a democracia, os direitos do povo e encaminhar soluções adequadas aos problemas econômicos do país.

Respaldamos o governo democraticamente eleito de Nicolás Maduro e a Revolução Bolivariana, que desde 1999 vem alterando profundamente as estruturas do país, melhorando o nível de vida de seu povo e desenvolvendo a integração latino-americana e caribenha, mola propulsora do desenvolvimento, progresso social e a paz na região.

Neste momento crucial da trajetória da Revolução Bolivariana, respaldamos o processo de Constituinte Popular em curso, que elegerá de forma direta e universal os deputados constituintes no próximo dia 30 de Julho. A Assembleia Nacional Constituinte impulsionará as conquistas da Revolução e promoverá novas mudanças no país, aprofundando a democracia popular, conquistando a paz e promovendo o desenvolvimento econômico e social do país irmão.

Conclamamos os partidos políticos progressistas e os movimentos populares brasileiros a rechaçar a investida golpista na Venezuela e manifestar irrestrita solidariedade ao povo irmão e ao governo do presidente Nicolás Maduro.

FRENTE BRASIL POPULAR
29 DE JUNHO DE 2017