Cebrapaz promove debate sobre a Coreia Popular e a tensão na Península Coreana

Em pronunciamento na Assembleia Geral das Nações Unidas, no dia 19 de setembro, o presidente dos EUA, Donald Trump, anunciou que poderia “destruir completamente” a República Popular Democrática da Coreia (RPDC), país com 26 milhões de habitantes, mais conhecido como Coreia do Norte. A RPDC, por outro lado, já afirmou que não recuará diante das ameças estadunidenses.

Debate Coreia

Segundo os líderes do país, que já foi invadido pelos Estados Unidos na década de 1950, desenvolver armamento nuclear é a única forma de se prevenir de outro ataque americano evitando que a Coreia, “se torne outro Iraque ou outra Líbia”, segundo declarou explicitamente o governo coreano.

A população brasileira, que em sua maioria tem acesso apenas ao que diz a mídia hegemônica, tem poucas informações de qualidade sobre o que está realmente acontecendo na Península Coreana.

Visando aprofundar a discussão, o Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz), núcleo São Paulo, promoverá nesta próxima terça-feira (10), o debate “A Coreia do Norte no xadrez da geopolítica mundial”.

O palestrante será o jornalista, especialista em Relações Internacionais e membro da Executiva Nacional do Cebrapaz, José Reinaldo Carvalho, que já esteve na Coreia Popular. Após a exposição de José Reinaldo, os presentes poderão fazer perguntas e debater o assunto.

A atividade será realizada no auditório do Centro de Estudos da Mídia Alternativa Barão de Itararé, rua Rego Freitas, 454, 8º andar (conjunto 83) e começará pontualmente as 19hs. A presença é franca, não sendo necessária inscrição prévia.