Cebrapaz lamenta o falecimento de Raimundo Porto, o sempre companheiro na luta pela paz e a dignidade

O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz — Cebrapaz expressa sua consternação e pesar pela morte de Raimundo Porto, nesta sexta-feira (15), vítima da Covid-19. 

Pedagogo e especialista em Educação do Campo pela Universidade Federal do Amazonas (Ufam), Porto foi um incansável defensor da paz, da soberania, da dignidade e da justiça, na luta aguerrida contra o imperialismo, a guerra e a opressão, dedicando mais de 30 anos de sua vida a essas causas. No Amazonas, sempre que preciso, esteve presente atuando na primeira linha em solidariedade aos povos constituídos pelos irmãos latino-americanos.  

Sua memória inspirará e continuará inspirando aqueles que lutam pela paz, contra o imperialismo e a opressão, fortalecidos pela dedicação incansável e exemplo de revolucionários como o seu.

Jamil Murad, Presidente do Cebrapaz
Ricardo Chaves, Diretor do Cebrapaz – Amazonas