Tag: Movimento dos Não Alinhados

Conselho Mundial da Paz participa da Cúpula do Movimento de Não-Alinhados

Decorreu em 25 e 26/10 em Baku, Azerbaijão, a 18ª Cúpula dos Chefes de Estado e Governo dos Países do Movimento de Não-Alinhados, marcando a transferência da Presidência do movimento da Venezuela à República do Azerbaijão. O Conselho Mundial da Paz (CMP) participou, como de costume, já que a entidade é organização observadora do MNA. A delegação do CMP foi liderada pela presidenta Socorro Gomes e composta ainda pelo coordenador da Região Oriente Médio do CMP e presidente da organização-membro palestina, Akel Taqaz, e pelo presidente da organização-membro indiana, Palab Sengupta.

Continue lendo “Conselho Mundial da Paz participa da Cúpula do Movimento de Não-Alinhados”

Em encontro do Movimento de Não Alinhados, chanceleres debatem segurança e a paz

A 18ª Conferência ministerial do Movimento de Países Não Alinhados (MNOAL) começa nesta quinta-feira (5) em Baku, capital do Azerbaijão, com sessões de trabalho entre chanceleres de países membros, uma ocasião em que serão traçadas estratégias para consolidar a paz e a segurança internacional.

mnoal azerbaijão

Continue lendo “Em encontro do Movimento de Não Alinhados, chanceleres debatem segurança e a paz”

Movimento dos Países Não Alinhados debate desafios e fortalecimento do fórum na Venezuela

Começaram nesta terça-feira (13 de setembro de 2016), na ilha de Margarita, na Venezuela, as reuniões ministeriais que antecedem a 17ª Cúpula do Movimento de Países Não Alinhados (MNA). A Cúpula, entre os dias 15 e 18, deve levar à ilha mais de 10 mil pessoas, de acordo com a Chancelaria venezuelana. Para os movimentos e governos anti-imperialistas, o momento é de elevada importância e propicia o fortalecimento de um grande fórum nascido há quase seis décadas. O Conselho Mundial da Paz (CMP), organização observadora do MNA, será representado no evento pela presidenta Socorro Gomes.

Continue lendo “Movimento dos Países Não Alinhados debate desafios e fortalecimento do fórum na Venezuela”