Conselho Mundial da Paz repudia intervenção militar francesa em Mali

O Conselho Mundial da Paz (CMP) denuncia a brutal intervenção militar da França em Malí, que está ocorrendo com apoio pleno da União Europeia e a Otan. Constitui a continuação da execução dos planos imperialistas para o controle geoestratégico de amplas zonas da África, como vimos em 2011 com a sangrenta intervenção e o bombardeio da Líbia.

Seu objetivo são os recursos energéticos que são objeto de feroz rivalidade entre as forças e centros imperialistas, que está junto com o massacre dos povos cada vez sob distintos pretextos.

O CMP expressa sua indignação pelo novo crime imperialista da França, que também está preparando-se, junto com seus aliados da Otan para atacar e intervir contra a Síria enquanto ameaça o Irã.

Exigimos o cessar imediato da agressão e a retirada das forças militares francesas junto com as do Exército Europeu e a Otan.

A grande maioria da humanidade e dos povos rechaça as “missões de paz” da União Europeia e da Otan, que promovem os interesses de corporações multinacionais, enquanto causam a morte e mais miséria para os povos.

Denunciamos o massacre do povo de Mali pelas forças imperialistas e chamados aos povos do mundo amantes da paz para reagir com diversas ações contra os planos imperialistas na África.

Secretaria do CMP,
16 de janeiro de 2013

Deixe uma resposta