Entidades do DF prestam solidariedade ao povo Palestino, pelo fim das agressões do Estado de Israel

Entidades brasileiras que apoiam a causa palestina, suas organizações e seu clamor pelo fim das agressões de Israel, estiveram ontem (10/07) na Embaixada do Estado da Palestina em Brasília, onde foram recebidas pelo embaixador Ibrahim Alzeben. Na ocasião fizeram a entrega de uma carta assinada por mais de 40 entidades, entre elas o Cebrapaz, manifestando a solidariedade ao povo palestino e clamando pelo fim dos injustos castigos coletivos impostos por Israel.
 
Na carta, as entidades e partidos prestam solidariedade ao povo palestino e pedem ao Estado brasileiro e a ONU que intercedam para a imediata suspensão das destruições, agressões e assassinatos e o cumprimento das Resoluções da ONU que tratam sobre os territórios do Estado da Palestina ocupados ilegalmente pelo regime sionista, tendo em vista que Israel sabotou todas as tentativas de paz aceitas pelos palestinos ao dar continuidade à sua política expansionista nos territórios ocupados.
 
Para Marcos Tenório, presidente do Cebrapaz-DF, “é preciso que todos os setores comprometidos com a paz e a solidariedade internacional se levantem para denunciar os bombardeios de cidades palestinas, as prisões e assassinatos de seus jovens, especialmente em Gaza, já que Israel não tem nenhum compromisso com a paz na região”.
 
Ao agradecer a visita das entidades e o apoio ao povo palestino, o embaixador da Palestina no Brasil, Ibrahim Alzebem, afirmou que “É uma relação de causa e efeito. Tudo isso, só acontece porque a Palestina não é livre. Não somos contra ninguém! Estão dizendo que os palestinos sequestraram três pessoas. Mas Israel está sequestrando uma nação inteira. De tempos em tempos isso acontece, e isso é essencialmente triste. Eu agradeço toda a solidariedade, e toda ela será transmitida ao Povo Palestino”
 
Constam da agenda de solidariedade aos palestinos, uma visita a Presidência da República e a Representação na ONU no Brasil, para entrega de dois documentos em que as entidades e partidos cobram do Estado brasileiro e da ONU que se pronunciem e intercedam junto às organizações internacionais e demais Estados do mundo para que exijam de Israel a imediata suspensão das destruições, agressões e assassinatos e o cumprimento das Resoluções da ONU que tratam sobre os territórios do Estado da Palestina ocupados ilegalmente pelo regime sionista, tendo em vista que Israel sabotou todas as tentativas de paz aceitas pelos palestinos ao dar continuidade à sua política expansionista nos territórios ocupados.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s