Contra a ameaça imperialista à Síria, reforçamos nossa solidariedade!

{English}
O Centro Brasileiro de Solidariedade aos Povos e Luta pela Paz (Cebrapaz) soma-se a todos os movimentos da paz em todo o mundo no firme rechaço à escalada das ameaças dos Estados Unidos e seus aliados contra a Síria e seu valente povo.

Reforçamos nossa denúncia contra a política imperialista de agressão, ingerência e devastação de nações inteiras, numa evidente violação do direito internacional e da soberania da República Árabe da Síria. Liderar uma coalizão agressiva e patrocinar grupos armados, inclusive terroristas, é mais uma revelação da falta de escrúpulos do imperialismo estadunidense e de seus aliados, que, por outro lado, criam mentiras para acusar o Governo sírio sem apresentar quaisquer evidências, já que inexistentes.

 A mais recente propaganda mentirosa é a de que o Governo sírio planeja ataques químicos contra sua própria população. Esta é mais uma tentativa de justificar a invasão e a devastação da Síria, como já feito antes em tantos países. Nunca é demais lembrar do flagrante mais emblemático, entre tantos outros, que foi a mentira contada pelos EUA sobre a posse de armas químicas pelo Governo do Iraque para justificar a invasão, em 2003, e o assassinato de Saddam Hussein, deixando o país devastado, ocupado pelos EUA, fragmentado e vulnerável à proliferação de grupos terroristas até os dias de hoje.

 Por isso, enfatizamos nossa firme solidariedade ao povo sírio na sua valente resistência e na defesa do seu direito a decidir o seu futuro, livre da ingerência estrangeira. Exigimos o fim das ameaças imperialistas contra a Síria que a liderança dos EUA e seus aliados, potências europeias ou regionais, especialmente a Arábia Saudita e a Turquia, promovem para fragmentar a Síria.

Saudamos a brava defesa do país pelas forças sírias e nos somamos ao movimento da paz mundial no rechaço completo contra a política intervencionista que tem devastado tantos países.

Fim à agressão contra a Síria, já!

Antônio Barreto
Presidente do Cebrapaz


Leia também:

Síria é alvo da política imperialista e de aliados dos EUA, diz embaixador

Presidenta do Conselho Mundial da Paz denuncia novas ameaças contra a Síria e apela à mobilização